Livro infantil aborda a deficiência auditiva de forma leve e poética.

Best-seller que inspirou o filme é relançado pela Editora Vida
25 de julho de 2017
Justin Bieber teria interrompido a turnê para ‘se dedicar a Cristo’.
26 de julho de 2017

Livro infantil aborda a deficiência auditiva de forma leve e poética.

Livro infantil aborda a deficiência auditiva de forma leve e poética A obra “E Não É Que Eu Ouvi?” conta a jornada de Lalá – uma menina que deixa de ouvir durante o sono – e a sua busca para ouvir o som mais lindo do mundo: o barulho do pôr do sol.

Os autores, Lak Lobato e Eduardo Suares, criaram uma história para que crianças que convivem com a deficiência auditiva possam se identificar, seja porque usam implante coclear ou possuam parentes e colegas que fazem uso dessa tecnologia auditiva para pessoas com surdez severa ou profunda. Eduardo também assina as ilustrações digitais que simulam aquarela, que deixam o livro bem colorido, com personagens carismáticos que acompanham Lalá na sua busca pelo som.

Os autores ainda trazem páginas com textos informativos para que crianças e adultos possam entender como funciona a audição através de uma tecnologia auditiva. O livro está sendo lançado de forma independente, através de uma campanha de financiamento coletivo. Para apoiar, acesse o site: www.DesculpeNaoOuvi.com.br/paraCriancas. Um livro infantil para crianças de todas as idades, usuárias ou não, de implante coclear.

Sobre os autores

Lak Lobato e Eduardo Suares são casados. Ela perdeu a audição na infância, voltou a ouvir através do implante coclear e hoje é escritora e comunicadora. Ele é designer e ilustrador. Conheceu Lak já adulta e desta parceria nasceu o site www.desculpenaoouvi.com.br e o livro “Desculpe, não ouvi!”, que vendeu 1.500 cópias.

por Assessoria