Profecias da Bíblia sobre o retorno da antiga lei judaica

146

A lei antiga judaica retornará com a chegada do Messias. Jesus Cristo reinará sobre a terra.
O reino de Jesus Cristo será semelhante ao reino de Davi. O Messias é comparado a Davi no Antigo Testamento porque retorna com a lei antiga judaica.

“O meu servo Davi será rei sobre eles e todos eles terão um só pastor; e andarão nos meus juízos e guardarão os meus estatutos, e os observarão.
E habitarão na terra que dei a meu servo Jacó, em que habitaram vossos pais; habitarão nela, eles e seus filhos, e os filhos de seus filhos, para sempre, e Davi, meu servo, será seu príncipe eternamente.
E farei com eles uma aliança de paz; uma aliança perpétua. Eu os estabelecerei e os multiplicarei, e porei o meu santuário no meio deles para sempre.
E o meu tabernáculo estará com eles, e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.
E as nações saberão que eu sou o Senhor que santifico a Israel, quando estiver o meu santuário no meio deles para sempre”

Livro de Ezequiel capítulo 37, versículos 24 ao 28.

O sacerdócio levítico retornará.

Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que cumprirei a boa palavra que falei à casa de Israel e à casa de Judá; naqueles dias e naquele tempo farei brotar a Davi um Renovo de justiça e ele fará juízo e justiça na terra.
Naqueles dias Judá será salvo e Jerusalém habitará seguramente; este é o nome com o qual Deus o chamará: O Senhor é a nossa justiça.
Porque assim diz o Senhor: Nunca faltará a Davi homem que se assente sobre o trono da casa de Israel; nem aos sacerdotes levíticos faltará homem diante de mim, que ofereça holocausto, queime oferta de manjares e faça sacrifício todos os dias.
E veio a palavra do Senhor a Jeremias, dizendo: Assim diz o Senhor: Se puderdes invalidar a minha aliança com o dia e a minha aliança com a noite, de tal modo que não haja dia e noite a seu tempo, também se poderá invalidar a minha aliança com Davi, meu servo, para que não tenha filho que reine no seu trono; como também com os levitas, sacerdotes, meus ministros.
Como não se pode contar o exército dos céus, nem medir-se a areia do mar, assim multiplicarei a descendência de Davi, meu servo e os levitas que ministram diante de mim.

Livro de Jeremias capítulo 33, versículos 14 ao 22.

Com a chegada do Senhor para reinar sobre a terra, as nações de toda a terra, toda a humanidade celebrará a Festa das Cabanas. Os sacrifícios de animais retornam em Jerusalém; os sacrifícios de animais estarão presentes no reino do Senhor. Toda a humanidade celebrará a lei antiga judaica com a chegada de Jesus Cristo.

E o Senhor reinará sobre toda a terra; naquele dia um será o Senhor e um será o seu nome.

Livro de Zacarias, capítulo 14, versículo 9.

E acontecerá que, todos os que restarem de todas as nações que vieram contra Jerusalém, subirão de ano em ano para adorar o Rei, o Senhor dos Exércitos, e para celebrarem a Festa das Cabanas.

Livro de Zacarias, capítulo 14, versículo 16.

E todas as panelas em Jerusalém e Judá serão consagradas ao Senhor dos Exércitos, e todos os que sacrificarem virão, delas tomarão e nelas cozerão. E, naquele dia não haverá mais cananeu na casa do Senhor.

Livro de Zacarias, capítulo 14, versículo 21.

Com a chegada do reino de Jesus Cristo a lei antiga judaica será estabelecida. A Festa da Lua Nova e o Sábado serão mandamentos celebrados por toda a humanidade.

Porque, como os novos céus e a nova terra, que hei de fazer, estarão diante da minha face, diz o Senhor, assim também há de estar a vossa posteridade e o vosso nome.
E será que desde uma Festa da Lua Nova ate à outra e desde um Sábado até ao outro, virá toda a carne a adorar perante mim, diz o Senhor.
E sairão e verão os corpos mortos dos homens que prevaricaram contra mim; porque o seu verme nunca morrerá, nem o seu fogo se apagará; e serão um horror para toda a carne.

Livro de Isaías capítulo 66, versículos 22 ao 24.



Fonte: Gospel Mais