6 artistas que são exemplos de fé e superação

6 artistas que são exemplos de fé e superação

Existem muitos artistas que não atribuem a fama e o sucesso ao talento, mas ao seu relacionamento de entrega a Deus. Veja, a seguir, sete bons exemplos, que, provavelmente, você não saiba:
1- Chuck Norris
Além de ser um grande incentivador da distribuição de Bíblias em escolas públicas dos Estados Unidos, em seu livro “Against All Odds: My Story” (“Contra Todas As Possibilidades: Minha História”, em tradução livre), o grande ícone dos filmes de ação dedicou a Deus todos os créditos de sua ascensão profissional e financeira.
2- Denzel Washington
Em 2015, Denzel Washington foi convidado para fazer um discurso durante a formatura dos alunos da Dillard University, em Nova Orleans (EUA).
Em seu pronunciamento de dez minutos, o ator norte-americano, vencedor de dois Oscars, aconselhou os estudantes presentes a priorizarem sua relação com Deus.
“Coloque Deus em primeiro lugar em tudo o que fizer. Tudo o que você acha que vê em mim e pensa que eu tenho feito, tudo o que você acha que eu tenho e tudo o que realmente tenho é pela graça de Deus. Entenda isso! É um presente!”, afirmou.
Nascido em lar evangélico, o ator também fez questão de mencionar o quanto Deus sempre o protegeu de tudo e que, em 1976, sua mãe recebeu uma profecia de uma mulher em um salão de beleza. De acordo com ela, Denzel viajaria pelo mundo e atrairia multidões.
“Eu tenho sido protegido, dirigido e corrigido! Eu mantive Deus em minha vida, e Ele me manteve humilde. Eu nem sempre estive com Ele, mas Ele sempre esteve comigo. Então mantenha-se com Ele em tudo o que fizer”, concluiu.
Em entrevista para GQ, o protagonista de “O Livro de Eli” também incentivou os fãs a terem uma vida de oração: “Antes de dormir, coloque seus chinelos debaixo da cama. Assim, quando você se levantar de manhã, terá que ficar de joelhos para encontrá-los. E, quando estiver lá, comece o dia com uma oração.”.
3- Bono Vox
Em entrevista ao programa irlandês “The Meaning of Life”, Bono Vox falou sobre sua fé em Jesus Cristo e contou seu testemunho.
Quando questionado sobre seus hábitos de oração, o líder da banda U2 foi direto: “Eu oro para Cristo… Oro para conhecer a vontade de Deus, porque, em seguida, as orações são mais propensas a se tornarem realidade”.
O cantor também explicou como ele e a família se relacionam com Deus. “Nós não fazemos orações de uma forma exagerada, em nossa família. Simplesmente, nos juntamos na cama… Oramos com todos os nossos filhos, lemos a Escrituras… É uma coisa normal. Às vezes, quando vamos à igreja aos domingos, vamos sozinhos, por conta própria, como uma família”, declarou.
O ponto alto da entrevista foi quando o apresentador perguntou quem, na opinião dele, era Jesus Cristo. Bono Vox, tranquilamente, respondeu: “Eu acho que é um fator determinante para os cristãos perguntarem quem Cristo é. E eu acho que você não pode escapar facialmente, dizendo que ‘foi um grande pensador ou um grande filósofo’”.
“Na verdade, Ele circulou dizendo que Ele era o Messias, por isso o crucificaram. Ele foi crucificado, porque dizia que era o Filho de Deus. Então, do meu ponto de vista, Ele era o Filho de Deus ou um louco… E eu acho difícil de aceitar que milhões de vidas, metade da Terra, por dois mil anos, foram tocadas, sentiram que suas vidas foram e inspiradas por um louco. Apenas acho que não!”, concluiu.
O vocalista do U2 ainda afirmou que credita na ressurreição de Jesus Cristo e no cumprimento de todas as profecias descritas na Bíblia.
O vídeo com as revelações foi compartilhado por milhares de internautas. Confira a versão da entrevista legendada:
<iframe width=”610″ height=”400″ src=”https://www.youtube.com/embed/eQ1V7afVbXQ” frameborder=”0″ allowfullscreen></iframe>
4- Kevin James
O comediante e ator, conhecido pelos filmes “Gente Grande” e “Segurança de Shopping”, faz questão de expor suas convicções durante as entrevistas. “Minha fé me ajuda em tudo, me molda, e eu sempre tento para glorificar a Deus nos filmes”, afirmou ao site The Christian Post.
5- Oprah Winfrey
Primeira bilionária negra do mundo, Oprah Winfrey tem uma trajetória marcada por sucessos. É uma apresentadora premiada e uma das mais bem pagas. À frente do seu talk-show, conseguiu alcançar a maior audiência da história da TV norte-americana.
Conhecida por seu forte engajamento em questões humanitárias, Oprah é considerada uma das maiores filantropas dos Estados Unidos. Na África do Sul, mantem uma entidade destinada a dar oportunidades a crianças carentes.
Recentemente, em divulgação à série “Belief” –  apresentada em sua própria rede de televisão, a Oprah Winfrey Network (OWN) –, a apresentadora emocionou o público com suas declarações.
Um dos objetivos da nova atração é divulgar histórias de superação e promover discussões relacionadas à fé.
Respondendo à pergunta: “Qual é a sua crença prática hoje?”, Oprah afirmou: “Hoje, eu sinto o amor feroz de Deus em tudo. Tão profundo. Tão forte e tão puro em meu coração, que me coloca de pé e me conduz. Às vezes, eu me sinto mais leve com o amor, que é Deus, porque eu sinto isso em todas as coisas!”.
Esta não foi a primeira manifestação de fé da apresentadora. Em outro vídeo, ela afirmou que sua base cristã a manteve de pé durante sua carreira. “Tudo o que sou vem da minha crença no que eu chamo de Deus”, declarou.
Nascida em lar cristão, a apresentadora conta que cresceu ouvindo histórias bíblicas e que aprendeu muito com elas. “Eu cresci ouvindo as histórias de Elias, Eliseu, Sadraque, Mesaque e Abede-Nego passando pelo fogo. Todos esses personagens e histórias bíblicas foram o que eu aprendi antes de aprender poemas ou contos de fadas. Eu aprendi o que significa confiar em Jesus, e não confiar em meu próprio poder. Devido a essas histórias, eu cresci sabendo que o real medo vinha quando eu confiava em mim mesma, e que só seria possível ser destemida se eu entregasse meus medos a quem é superior a mim, e deixasse Deus lidar com isso”, afirmou.
Oprah teve uma infância muito difícil, mas, por meio dos ensinamentos que recebeu na igreja, conseguiu superar a falta da figura paterna. Até os 6 anos de idade, ela foi criada pela avó. “Não cresci com um pai, mas eu ouvia na igreja que Deus era o meu Pai, que Deus era o Pai de todos nós, e que Jesus era o filho de Deus. Então, na minha imaginação, a minha maneira de pensar sobre Deus era ‘Deus é meu Pai, e Jesus é o Seu Filho. Então, eu sou Sua filha'”, disse.
6- The Rock
Dwayne Johnson, também conhecido como The Rock, é ator, produtor e lutador de luta livre.  Mesmo com sua trajetória de sucesso, há alguns anos, enfrentou um de seus “oponentes” mais difíceis, a depressão, considerada um dos males do século 21.
Em entrevista à apresentadora Oprah Winfrey, The Rock afirmou que seu relacionamento com Deus foi um fator decisivo para que ele desse a volta por cima e que, atualmente, se considera um homem abençoado.
“Eu tenho a minha própria relação especial com Deus! Você sabe! eu, certamente, me sinto muito abençoado. Eu conto as minhas bênçãos todos os dias”, disse.

Para o ator hollywoodiano, a fé é uma qualidade fundamental. Ainda, durante o bate-papo, ele fez questão de deixar uma mensagem encorajadora aos telespectadores: “Segure-se nessa qualidade fundamental que é a fé. Tenha fé e, do outro lado de sua dor, haverá algo bom”.

Fonte: iGospel