André “Balada”, ex-jogador do Palmeiras, conta como se livrou das drogas

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Após alcançar fama e sucesso financeiro, muitos não resistem às ofertas malignas do mundo, muitas delas envolvendo o uso de drogas e relacionamentos de risco. Essa é uma realidade que já afetou muitos jogadores de futebol, como o ex-atacante do Palmeiras André Moreira Neles, mais conhecido como André Neles ou “André Balada”.

André Balada contou seu testemunho e como conseguiu, através da conversão a Jesus Cristo, se livrar da dependência química.“A droga é uma loucura. Você esquece filhos, esposa… Você esquece que tem mãe, que tem amigos, que tem profissão”, disse ele, segundo informações do UOL.

“A cocaína te joga no mundo do abismo e você fica cego, obcecado. E não consegue enxergar mais nada além da droga. É uma coisa demoníaca, entendeu?”, afirma o ex-jogador, que encerrou sua carreira aos 41 anos, no final de 2017, já com pouco destaque no time Alecrim do Rio Grande do Norte.

O atleta que foi revelado pelo Atlético-MG em 2000, passou por times como o Benfica e Palmeiras (2003), onde começou a cair de prestígio. Após retornar para o Atlético, ele ainda tentou se recuperar no Figueirense em 2004, mas a sua situação já era complicada.

“Nessa fase, eu tinha um monte de mulheres, mas, graças a Deus, não fiz mais filhos. Essa fase do Figueirense foi a pior porque eu já estava à beira da morte, na verdade. Eu já andava armado, já andava na favela, frequentava casa de traficante, vivia só doidão. E não jogava. Foram os piores momentos da minha existência”, disse ele.

Mudança

A vida de “Balada” (literalmente) de André começou à mudar após ele receber um convite do goleiro Gustavo, do Figueirense, para visitar uma igreja evangélica. “É onde começa a minha verdadeira história”, disse o ex-jogador.

“Eu fui para a igreja e, chegando lá, o pastor falou: ‘Você aí’. Ele nunca tinha me visto na vida. Eu nunca tinha ido para a igreja. Ele continuou: ‘Vem pra frente que eu quero fazer uma oração pra você’”, destaca.

“E o pastor colocou a mão na minha cabeça e, na hora que ele botou a mão na minha cabeça, eu caí no chão. Eu não vi mais nada e comecei a chorar. Parecia que tinha um negócio entrando no meu coração, me limpando, me purificando. E eu chorando, chorando. Mas era um choro de alegria, um choro de esperança, um choro de renovação”, lembra.

Finalmente, o jogador aceitou a Cristo como seu único e suficiente Salvador e deu início a um processo de transformação em sua vida. Foi batizado em 2006 na Quadrangular de Uberlândia, mas atualmente é membro da Igreja Advec em Natal-RN, ligada a Assembleia de Deus.

“Depois que me batizei nas águas, eu parei de fumar. Sou cristão 100%: não bebo, não fumo, não uso droga, não vou pra balada. Eu estou sossegado”, disse André, que hoje revela sua alegria por ter uma família segundo o coração de Deus.

“Encerrei a carreira no Alecrim-RN e conheci a minha esposa, Rayanny Santos. Hoje, temos um filho de sete meses e tive a vida transformada por Deus. Ou seja, da morte, das drogas, ressuscitei e hoje eu tenho uma família, uma vida digna. Não dependo do futebol”, conclui o ex-jogador.



Fonte: Gospel Mais

Deixe sua mensagem

CENTENAS DE RÁDIOS DE TODO BRASIL NO SEU CELULAR

Portal de comunicação com foco na informação e divulgação de costumes cristãos

Copyright 2021 © Gospel Planet