Os programas de fofoca continuam sendo notados apenas pelas polêmicas vazias que criam para atrair audiência. Em meio à pandemia de Covid-19, o Fofocalizando, do SBT, deu espaço a boatos sobre uma suposta venda de cura do novo coronavírus na Igreja Universal do Reino de Deus.

As apresentadoras Lívia Andrade e Chris Flores – esta última ex-funcionária da Record TV – repercutiram um vídeo em que um homem que se apresenta como pastor oferecia a cura da pandemia e cobrava por isso.

O portal RD1 pontuou que a Universal foi acusada injustamente de estar ligada ao vídeo pelas apresentadoras. Em meio aos comentários, Chris Flores disparou: “Quem ama o próximo não vai pedir isso. Vai pedir que você fique em casa, se ligando com Cristo de outra maneira”.

A denominação liderada pelo bispo Edir Macedo rebateu as acusações no horário locado na Record. O bispo Renato Cardoso, genro do proprietário da emissora, lamentou: É triste que a Chris Flores, que conheço pessoalmente, que esteve tantos anos com a gente na Record TV, que nos conhece, conhece a Universal, o trabalho, perdeu a oportunidade de desbancar esse mito, essa notícia falsa disseminada pela Lívia Andrade”.

“Muito triste, Chris. Eu esperava melhor de você. Você nos conhece pessoalmente, você conhece o bispo Macedo, a seriedade da Universal”, reiterou Cardoso, acrescentando que iriam exibir um “pedido de desculpas da Lívia Andrade”.

Ontem eu disse aqui no Fofocalizando que líderes religiosos estavam querendo ganhar dinheiro no meio dessa pandemia do coronavírus. Mesmo sem citar nomes, ou instituições religiosas, algumas pessoas se sentiram ofendidas, até porque está existindo aí uma fake news envolvendo a Igreja Universal. Eles estariam vendendo álcool em gel lá na igreja por R$ 500. Fizeram montagem de vídeos e fotos, também. Mas está sendo provado que a Igreja Universal não está fazendo isso”, disse Lívia.

“Então, eu quero pedir desculpas para essas pessoas que se sentiram ofendidas. Mais importante nesse momento é a gente ficar junto nessa luta contra o coronavírus e continuar tendo muito cuidado com a galera que tenta ganhar dinheiro, sim, com a boa fé da pessoas e o oportunismo nessa hora de desespero. […] Mas essa notícia da Universal é fake”, finalizou.

Renato Cardoso agradeceu as palavras, mas demonstrou insatisfação: “Obrigado pela meia desculpa, Lívia […] porque você infelizmente não reconheceu o seu erro. A Universal foi a principal manchada com essa notícia falsa. Mas isso pode ter servido para você refletir, como aprendizado. As pessoas estão sujeitas a cometer erros. Mas é importante a gente rever os conceitos e preconceitos”, finalizou.

Fonte: Gospel Mais

Radios Online de todo Brasil totalmente grátis!

Musicas, Pregações 24 horas, Mensagens, Prêmios e Muito mais…
Rádios separadas por estado, idiomas e você ainda pode selecionar as suas favoritas.

Instale agora

QUE TAL APRENDER SE DIVERTINDO GRÁTIS ???

Copyright 2019 © Gospel Planet