Arqueólogos descobrem propriedade samaritana de 1.600 anos com inscrição rara em Israel

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Arqueólogos de Israel descobriram e desenterraram uma vasta propriedade de 1.600 anos de um rico homem samaritano. A propriedade foi encontrada em Zur Natan, na planície sul de Sharon, e acredita-se que tenha sido parte de um extenso assentamento samaritano na área, quando a comunidade na Terra Santa estava no auge.

Durante a escavação, os pesquisadores descobriram uma inscrição grega, que diz: “Somente Deus ajude a bela propriedade do Mestre Adios, amém”. O mosaico tem 2,5 metros de comprimento e 1 metro de altura.

A inscrição, em grego, foi decifrada e traduzida pelo Prof. Leah Di Segni, da Universidade Hebraica de Jerusalém.

“’Master’ foi uma honra dada aos membros seniores da comunidade e atesta a alta posição social dos proprietários da propriedade”, diz o Dr. Hagit Torge, diretor da escavação de salvamento em nome da Autoridade de Antiguidades de Israel.

Ele conta que a inscrição foi descoberta em um impressionante lagar de vinho que aparentemente fazia parte da propriedade agrícola de um indivíduo rico chamado Adios.

“Este é apenas o segundo lagar descoberto em Israel com uma inscrição de bênção associada aos samaritanos. O primeiro foi descoberto há alguns anos, em Apollonia, perto de Herzliya”, diz o Dr. Torge.

Descoberta do mosaico no lagar samaritano. (Foto: Raleb Abu Diab/Autoridade de Antiguidades de Israel)

Samaritanos

Enquanto os pesquisadores não sabem muito sobre o Mestre Adios, o Dr. Torge diz que a inscrição prova que ele era uma parte importante da comunidade samaritana na época.

“A localização do lagar é perto do topo da Tel Zur Natan, onde permanece uma sinagoga samaritana e onde também foi encontrada outra inscrição, que revela o status elevado de Adios”, acrescenta o Dr. Torge.

Essa sinagoga é chamada de sinagoga Samaritana Zur Natan e foi transformada em igreja no século VI.

Um composto perto da sinagoga foi encontrado em anos anteriores. Ele contém grandes salas usadas para produzir óleo, vinho e farinha.

A descoberta recente e a rara inscrição são mais uma prova de que os samaritanos tinham uma comunidade próspera no sul da planície de Sharon, durante a era bizantina.

Os samaritanos originaram-se dos antigos hebreus no Antigo Testamento. O Novo Testamento detalha vários relatos de Jesus interagindo com os samaritanos. Em Lucas 17, Jesus cura dez leprosos. O único que agradeceu a ele foi um samaritano.

Jesus também encontrou uma mulher samaritana adúltera em João 4. Ele diz a ela que ele é o Messias e muitos samaritanos em sua área se tornam seguidores de Jesus.



Fonte: Guia me

Deixe sua mensagem

CENTENAS DE RÁDIOS DE TODO BRASIL NO SEU CELULAR

Portal de comunicação com foco na informação e divulgação de costumes cristãos

Copyright 2021 © Gospel Planet