Bebê é abandonado na porta da igreja e religioso toma decisão inusitada

Bebê sendo atendido em hospital (Reprodução Internet)

Na última quinta-feira (15), o padre Valderi Tavares foi pego de surpresa quando chegou na igreja onde ministra seus sermões. Na porta do templo o pároco se assustou com uma caixa de papelão deixada no chão, se aproximando, viu que dentro da caixa havia um bebê envolto em alguns panos.

O caso inusitado aconteceu na Igreja Católica do distrito de Iara, na zona rural do município de Barro, na região do Cariri, Ceará.

Segundo o relato do padre: “Estava chegando em casa depois de uma reunião do conselho pastoral, pra almoçar, e quando parei o carro já vi que tinha algo estranho na porta da igreja, imaginei ser uma pessoa dormindo, mas no sol quente pensei que não era hora de tá ali, estava coberta com lençol”.

A enfermeira que prestou os devidos cuidados e avaliou a criança assim que chegou no Hospital de Brejo Santo, informou que o menino estava abaixo do peso recomendado para a sua idade, no entanto uma avaliação feita por um pediatra, afirmou que a saúde do bebê se encontrava estabilizada. O recém-nascido foi encaminhado para o pronto atendimento pelo Conselho Tutelar do município.

Bebê sendo atendido em hospital (Reprodução Internet)

+ Anitta confessa pacto com diabo e causa alvoroço na internet

O padre que já batizou o menino com o nome de Daniel, que é uma referência a passagem da bíblia sobre “Daniel na cova dos leões”, também demonstrou interesse em adotar o bebê, e ainda destacou: “Me sinto responsável por ele, desejava até adotar a criança, mas depende do conselho tutelar, da minha congregação, do juiz, não sei se sou a pessoa ideal. Mas quero acolher, cuidar, e muitas pessoas estão querendo a mesma coisa”.

O Conselho Tutelar afirmou que no fórum da cidade consta uma lista com algumas pessoas na fila para adoção, mas o desejo de querer cuidar da criança não é o suficiente para a justiça autorizar a tutela do bebê ao interessado, existem alguns trâmites quanto à adoção provisória e definitiva. A guarda do recém-nascido ficará com o Conselho Tutelar, até acharem um lar para ele.

+ Rosa de Saron perde vocalista e fãs da banda caem no choro

Os habitantes da cidade, comovidos com o caso direcionaram alguns mantimentos para o bebê, como fraldas, leite e outros utensílios básicos para a sobrevivência da criança.

Veja a seguir um vídeo da criança sendo tratada no hospital:

Cantora gospel mais odiada do Brasil implora por emprego na TV

Globo, Record e SBT

Globo, Record e SBT

A cantora gospel Mara Maravilha parece que não consegue evitar se envolver em polêmicas, isso inclusive tem lhe rendido o titulo de “A cantora gospel mais odiada do Brasil”.

Isso se dá ao fato da cantora ter se envolvido em diversas brigas durante o período em que trabalhou como apresentadora no programa Fofocalizando, do SBT.

Mara acabou arrumando vários inimigos por lá, e o público parece que não aprovou bem a sua participação. Demitida do programa, Mara ficou um tempo na geladeira, até conseguir espaço no programa do Ratinho, como jurada.

Mais uma vez, a cantora gospel arrumou problemas e acabou sendo convidada a sair. Isso tem rendido bastante discussão nas redes sociais, até o próprio Ratinho falou a respeito da saída da cantora.

Ele disse que Mara é uma pessoa muito difícil, mas que ia estudar uma forma de abrir novamente espaço pra ela no programa.

Em entrevista a um site de noticias, Mara Maravilha disse; “Eu quero muito voltar pro Ratinho, estou muito triste porque saí, mas eu quero voltar. Ratinho, me dá mais uma chance, eu quero voltar!”, implora. “Estou pedindo encarecidamente mais uma chance, eu estava me divertindo por lá.”



Fonte: Fuxico Gospel