Cantora gospel Priscilla Alcantara participa de programa de televisão e faz o improvável

Super Drags Netflix (Reprodução)

A cantora gospel Priscilla Alcantara, participou nesse domingo (30) do programa da Eliana, no SBT. Ela participou de um quadro social, que se chamava “História da Gabrielly”.

Resumindo em miúdos, o quadro conta sobre Gabrielly que é uma jovem artista de 21 anos. Ela é professora de dança, e dá aula para cerca de 30 alunos carentes do município de São Vicente. A jovem reúne os seus alunos e dançam nas ruas ou em semáforos com a intenção de arrecadar dinheiro, para participar das competições.

+ Cantora gospel Vanilda Bordieri insinua pausa na carreira e confunde seguidores

A cantora que é a ídolo da jovem dançarina, fez uma surpresa para Gabrielly cantando junto a ela. Elas fizeram um dueto da música “Espírito Santo”, da própria Priscilla. Emocionada, a jovem ainda escutou um trecho da música liberdade. Gabi conseguiu vencer os desafios impostos para ganhar o prêmio, e faturou cerca de 45 mil reais.

Priscilla publicou em seu Instagram que estaria no programa, e causou um alvoroço de comentários carinhosos para com a cantora. Seus fãs e seguidores logo afirmaram que iriam assistir o programa de televisão.

+ Cantora Nívea Soares se entristece e é consolada por fãs

Confira a participação da cantora no quadro, “História da Gabrielly”:

Após “enxurrada” de críticas, série da Netflix foi cancelada

Super Drags Netflix (Reprodução)

A série brasileira, em formato de animação, Super Drags, foi cancelada após a sua primeira temporada. A notícia é um alívio, não só para a população cristã, mas também para as famílias conservadoras do país e do mundo.

Super Drags se trata de uma animação sobre três heroínas drag queens recrutadas para reunir a comunidade LGBT e espalhar purpurina pelo mundo. Esta série provocou muita polêmica antes de seu lançamento, porque muitos grupos acreditaram que, por ser uma animação, seria um programa para crianças.

+ Bomba: Pastor é acusado de se relacionar com mulheres de outros pastores

No Instagram oficial da Netflix Brasil, o anúncio da animação recebeu centenas de críticas, inclusive de muitos artistas do segmento gospel que estão boicotaram a plataforma de streaming de vídeo, e cancelaram suas assinaturas.

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), instituição que defende os interesses dos médicos de crianças e adolescentes, de seus pacientes e famílias, chegou a emitir, uma nota oficial contra a série.

“vê com preocupação o anúncio de estreia de um desenho animado cuja trama gira ao redor de jovens que se transformam em drag queens super-heroínas”, disse a SBP em nota emitida.

+ Cantora gospel Sthefany “absoluta” é flagrada em “parada de ônibus” após escândalo

A série fez um teaser, que acabou ironizando as críticas ao falar “… vai ter desenho de veado sim!”. Confira o vídeo:

A questão é que, após tanta polêmica foi anunciado que o desenho foi cancelado, e não sera mais exibido na plataforma de streaming.



Fonte: Fuxico Gospel