Cassiane e Jairinho são processados por não pagar condomínio

Cassiane e Jairinho (Reprodução Instagram)

A cantora gospel Cassiane e o esposo Jairinho Manhães, ambos pastores da Assembleia de Deus em Alphaville, foram processados pelo Edifício Mansões do Mar, na praia da Olaria, no Rio de Janeiro.

O assunto do processo 0012480-39.2018.8.19.0207, é referente a despesas condominiais.

Apesar de morar em São Paulo, Cassiane e o marido mantinham o apartamento à beira-mar, no Rio, para eventuais momentos de descanso com a família, mas a crise financeira que a ADALPHA atravessa, desde que o seu principal financiador, se tornou o principal acusado em um esquema fraudulento, que desviou milhões de um hospital, tem forçado os pastores a se virar como podem.

A ADALPHA chegou a trocar de endereço, e hoje está instalada em um prédio mais financeiramente viável, mas ainda assim, ainda gera muita despesa e a receita acaba não cobrindo todos os gastos.

+ Cassiane, Elaine Martins e Eli Soares, são processados em R$500 mil reais

Fernanda Brum também foi processada

A cantora gospel e pastora evangélica, Fernanda Brum, foi processada por pelo menos dois condomínios, que entraram na justiça na tentativa de receberem os valores referentes à despesas condominiais.

O primeiro a entrar na justiça contra a cantora gospel, foi o Residencial Alsacia, que fica na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O processo de número: 0007053-94.2014.8.19.0209, foi arquivado em 2015.

Pouco tempo depois, Fernanda Brum e o esposo Emerson Pinheiro, foram processados por outro condomínio, o residencial Verona, que fica no centro do Rio de Janeiro.

Mais uma vez o assunto descrito no processo é o mesmo, despesas condominiais. Esse segundo processo, de número: 0007610-94.2017.8.19.0203, ainda segue em aberto na justiça, e em dezembro do ano passado teve uma movimentação a respeito da confecção de mandando de pagamento, o que significa que Fernanda Brum e o esposo, podem já ter sido condenados a pagar a dívida.

Contra Fernanda Brum e o esposo, tramita ainda um outro processo na justiça, que envolve Dano Moral, impetrado por Marco Antônio Lopes, e que segue aguardando prazo para audiência.



Fonte: Fuxico Gospel