Conecte-se
Search

China implementa exigência de “autorização” para prática religiosa de cristãos em aplicativo

Viver na China como cristão é como jogar um novo jogo de controle criado pelo Partido Comunista Chinês, o famoso PCC. Agora, todos os membros de igrejas registradas pelo Estado precisam se inscrever em um aplicativo para ter a autorização de culto. É tipo ter que passar por uma fila virtual só para poder louvar!

E olha só, as igrejas “clandestinas” estão fora dessa palhaçada. Ou seja, aquelas que não se submetem ao controle rígido da ditadura comunista e preferem seguir como denominações independentes, já são alvos de perseguição o suficiente, não precisam desse aplicativo de controle.

E agora, mesmo os cristãos das igrejas supostamente legalizadas têm que passar por mais essa “inspeção” do governo. Parece que o Partido Comunista quer expandir o seu sistema de créditos sociais, que já existe desde 2014. É como se fosse um programa de fidelidade, só que em vez de ganhar descontos, você ganha acesso ao culto.

Na China, os chineses são avaliados através de reconhecimento facial, dados cadastrais e até mesmo informações na internet. Se o comportamento for considerado politicamente adequado, eles ganham uma “nota social” alta. Mas, se a nota for baixa, meu amigo, é só problemas! Restrições sociais, como não conseguir um bom emprego e até mesmo ser proibido de viajar. É um verdadeiro game over na vida real, segundo o Poder360.

Tudo aponta para a ideia de que obrigar os cristãos a se cadastrarem em um aplicativo estatal para participar dos cultos é apenas mais um passo nessa escalada de autoritarismo comunista. O JM Notícias conta que isso tá mais para “Big Brother religioso” do que para liberdade de culto.

Vigiando tudinho

A organização Portas Abertas, que monitora a perseguição religiosa em vários países, incluindo a China, colocou o país em 16º lugar na lista das nações que mais perseguem os seguidores de Jesus. É tipo o Oscar do absurdo!

Segundo a entidade, as restrições estão cada vez mais duras e a vigilância está a todo vapor na China. Os líderes cristãos são especialmente vulneráveis, podendo acabar até na prisão ou até mesmo sendo sequestrados. A Portas Abertas avisa: cuidado com quem você vai seguir na China, porque pode ser uma cilada!

Gospel Planet

Picture of Administrador

Administrador

Deixe sua mensagem