Conecte-se

Chinesa: Meninos Cristãos são obrigados a negar sua fé por governo.

Mais de 300 meninos cristãos em duas escolas secundárias da província de Zhejiang, Chinesa, tem-lhes pedido encher um formulário indicando a que religião pertence. Esta ação seria um novo impulso por parte do governo para identificar aos cristãos.

Chinesa: Meninos Cristãos são obrigados a negar sua fé por governo.

Segundo Watch Monitor, duas escolas já têm obrigado aos alunos encher um formulário que inclui perguntas de fé. O questionário que, sem participação dos pais, influi a consciência dos estudantes, já tem obtido respostas. “Os meninos não podem mentir, se lhes pergunta a que religião pertence eles dirão que são cristãos”, menciona Kan um dos pais. “Os meninos não podem mentir, se lhes pergunta a que religião pertence eles dirão que são cristãos”, menciona Kan, um dos pais.

Segundo a fonte, os meninos que se neguem a cumprir esta ação lhes negará o acesso a oportunidades de educação, não poderão tramitar documentos ou adquirir um certificado de estudo. Ditos incidentes também se registrarão nos arquivos do governo local, negando futuras oportunidades. “Isto é um preconceito contra os cristãos, Deus nos ajude”, pronuncia kan.

Conquanto seja normal que as escolas em Chinesa sejam controladas e financiadas pelo governo, Chinesa segue pressionando de diversas maneiras aos cristãos. “Aos maestros encomendou-lhes falar com os meninos cristãos. Separam-nos dos outros estudantes para falar sobre as consequências de falar de Cristo, instando-os a que escrevam “Não há Deus” em seu questionário”, menciona o relatório.

Por sua vez, centos de líderes cristãos assinaram em agosto uma carta pública na que pediam ao governo que detivesse suas ações violentas contra os cristãos. A pressão também a sentem os pais, quem se preocupam pela fé de seus filhos. “Dizem que é pelo bem do menino, mas em realidade estão limitando o crescimento do cristianismo. Deus mantenha-nos firmes”, menciona Kan.



Fonte: Bibliatodo

Deixe sua mensagem