Como acabar com espinhas, olheiras e etc no dia do casamento

Parabéns, futura noivinha. A essa altura é provável que você já tenha dado aquele “check” em boa parte dos preparativos para o casamento.

Mas assim como a vida, casamentos são imprevisíveis e talvez você tenha de lidar com questões desagradáveis, como uma espinha no meio do rosto, olheiras decorrentes de uma noite mal dormida ou pele ressecada.

Respire fundo e relaxe! O MdeMulher pediu ajuda dos dermatologistas Abdo Salomão Jr., membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Academia Americana de Dermatologia e Valéria Marcondes, também membro da SBD, para darem dicas de como amenizar os incidentes.

Espinhas

Não brigue com o espelho caso você se depare com uma espinha das mais desagradáveis bem no dia do casamento, principal queixa que leva futuras noivas aos dermatologistas, segundo Abdo. Primeiro, segure a emoção e controle os dedinhos: jamais cutuque ou esprema a ferida, já que isso pode deixar a pele inflamada, marcada e com uma nova cicatriz, além de fazer com que os poros fiquem abertos, permitindo que bactérias continuem transitando livremente por lá – e a acne perdure.

Para resolver o dilema, no dia aposte em cremes dermatológicos que contenham o ativo peróxido de benzoíla, aplicando o produto na espinha em questão repetidas vezes, até a hora do casamento. Isso vai fazer com que ela seque e, se possível, ‘caia’. Compressas de gelo também ajudam a diminuir o inchaço, enquanto corretivos em tons de verde (caso a espinha esteja avermelhada) e lilás (para o amarelado da secreção) ajudam a neutralizar o local antes da maquiagem.

Xô, alergia

Abdo explica que as alergias nada mais são do que lesões que podem ser causadas pelos mais diferentes agentes, sejam eles internos ou externos. Quando uma alergia surge de maneira repentina, por sua vez, Valéria aponta que o mais comum é que ela seja “de contato”, ocasionada por algum produto aplicado na pele no dia anterior ao casamento. Geralmente o problema é resolvido com a aplicação de cremes e pomadas de uso tópico, diretamente sobre as erupções cutâneas, além de medicamentos via oral.

Mesmo assim, para acabar de vez com a questão, o ideal mesmo é fazer uma consulta de emergência no dermatologista, mesmo que seja seu casamento. Acione os amigos e conhecidos médicos, não tenha medo de atrasar a cerimônia e coloque a sua saúde em primeiro lugar. Não vai dar tempo? Não seja por isso. Uma dica caseira para amenizar a alergia é fazer repetidas compressas ao longo do dia, usando chá gelado de camomila ou água termal.

Pele seca

Se você, que estava com a pele saudável e viçosa há pouco tempo, mas no dia do casamento acorda com ela extremamente ressacada, te apresentamos apenas uma palavra: hidratação.

Prepare a pele fazendo uso de cremes hidratantes, aposte no protetor solar com textura mais cremosa (passe longe dos com efeito “oil free”), não esfregue o rosto quando for lavá-lo e, claro, evite usar água quente para isso.

Água termal também hidrata bem a pele, e as repetidas borrifadas podem ajudar a melhorar o aspecto dela. Em caso de emergência, máscaras faciais potentes (de papel ou em creme) e reconstrutoras salvam a vida! Ah! Beba bastante água no decorrer do dia, e tome cuidado com a maquiagem, evitando usar produtos desconhecidos para o casamento. É melhor que o profissional responsável pelo seu make trabalhe com bases, corretivos, sombras e demais itens que você já possui no necessáire, correspondentes ao seu tipo de pele.

Olheiras e inchaço

Nem sempre a noiva consegue descansar na noite anterior ao casamento, o que pode resultar em olheiras profundas e um rosto inchado logo ao acordar. Para não sofrer com as olheiras, faça compressas na região dos olhos usando chá (verde ou de camomila) gelado por cinco minutos, e use cremes para a área que contenham ativos como a vitamina A, evitando aqueles com ácido retinóico em sua composição. Para a maquiagem, aposte nos corretivos em tons de amarelo ou coral, testando qual deles funciona melhor para cobrir suas olheiras – caso faça a maquiagem com um profissional, peça para que ele ou ela tenha um cuidado mais rigoroso com os produtos aplicados nesta região.

Já o inchaço pode ser amenizado de diferentes formas. Comece lavando o rosto com água gelada, ao despertar, ato que além de diminuir o inchaço também equilibra a oleosidade da pele ao longo do dia. Invista nas massagens faciais, bem como nas drenagens linfáticas feitas especialmente para o local: massageie o rosto de baixo para cima, e faça movimentos circulares na região dos olhos.

Mais uma vez, borrife água termal ao longo do dia, aproveitando seu poder hidratante e anti-inflamatório. Beba água para não reter líquidos, evite consumir álcool até a hora do casamento e aplique seu creme hidratante preferido antes de iniciar o make.

Lábios ressecados

Acordou com os lábios ressecados e quer que a pele da boca aguente as muitas horas de batom 24 horas que virão pela frente? Então, apele para balms e hidratantes labiais com D-pantenol em suas fórmulas, ativo com efeito cicatrizante e hidratante, comumente usado para tratar queimaduras e assaduras. Aplique o produto logo que perceber a aspereza dos lábios, reaplique sempre que necessário e fique com ele até o momento de fazer a maquiagem.

Evite usar manteiga de cacau que, segundo Abdo, pode até hidratar os lábios em um primeiro momento, mas acaba os deixando ainda mais ressecados ao longo do dia.

Cuidado com as novidades

“Se você acabou não reservando um tempo para cuidar da pele com antecedência, não pense em recorrer a procedimentos mais elaborados justamente no dia do casamento. Mesmo que você ache que dá tempo de fazer uma limpeza de pele ou um tratamento de acne algumas horas antes do evento, não caia na tentação para não correr o risco de irritações – por exemplo, os tratamentos para acne, manchas e rugas dinâmicas devem ser programados de três a seis meses antes da data da cerimônia. Faça o necessário para não se sobrecarregar e aproveitar a data da melhor maneira possível”, completa Valéria.



Fonte: Guia-me