Como Separar o Joio do Trigo | Trigo e Joio?

Como Separar o Joio do Trigo

Na parte final da parábola, Jesus ensinou aos Seus discípulos como separar o joio do trigo. Trigo e joio serão ceifados e separados pelos Seus anjos, na grande colheita final, que simboliza o fim do mundo.

Jesus neste dia contou muitas outras parábolas, e o fundo moral de todas é a separação dos justos e injustos no final da história da redenção, representada pelo ato de separar o joio do trigo.

Quem irá separar o joio do trigo?

Ao contar essas parábolas, o Mestre estava cumprindo uma profecia, e ao mesmo tempo revelando de forma indireta quem Ele era, pois o Eterno havia feito uma promessa encontrada no livro dos Salmos:

Escutai a minha lei, povo meu; inclinai os vossos ouvidos às palavras da minha boca.
Abrirei a minha boca numa parábola; falarei enigmas da antiguidade.
Salmos 78:1,2

No dia em o Eterno virá para separar o joio do trigo, todo joelho se dobrará, e todos olharão para o Eterno, e reconhecerão quem é Jesus, conforme falou o Santo de Israel, pela boca do Profeta Zacarias:

Peso da palavra do SENHOR sobre Israel: Fala o SENHOR, o que estende o céu, e que funda a terra, e que forma o espírito do homem dentro dele.
Zacarias 12:1

e olharão para mim, a quem traspassaram; e prantearão sobre ele, como quem pranteia pelo filho unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito.
Zacarias 12:10

Neste grandioso e aguardado dia, trigo e joio, justos e injustos se dobrarão diante de Jesus Cristo e o adorarão, pois Jesus é o Eterno!

Trigo e joio – semelhança do reino

Jesus começa a falar sobre o trigo e joio, contando uma parábola registrada em Mateus 13:24-30. O Mestre revela mistérios e enigmas sobre o Reino dos Céus:

…O reino dos céus é semelhante ao homem que semeia a boa semente no seu campo;
Mateus 13:24

Na versão em Hebraico da Peshitta, Mateus usa as palavras דּוֹמָה מַלְכוּת הַשָּׁמַיִם לְאִישׁ “domah malchut hashamaiym leish”, “a semelhança/imagem do reino dos céus é um homem [que semeou boa semente…]”.

A primeira palavra, desse trecho destacado, (semelhante), é muito interessante, pois em Hebraico, corresponde ao termo דּוֹמָהdomah“, que vem da raiz דְּמוּת demut“, e significa “semelhança”.

Esta mesma palavra é encontrada na narrativa da criação do homem, quando o Eterno cria Adão a Sua imagem e semelhança.

Gênesis 1:27 em Hebraico, diz:

בְּצֶלֶם אֱלֹהִים בָּרָא אֹתוֹ …btselem Elohiym barah otô – …na imagem de Deus [Elohiym] Ele o criou… Gn 1:27

gênesis 1:26-27 em hebraico, imagem e semelhança de deus

Mas como o homem poderia ter sido criado à imagem e semelhança de Deus, se o Eterno é infinito? Como pode um “ser” infinito, incorpóreo, que está além de Sua criação, possuir imagem?

Na época dos Apóstolos, havia uma tradução para o Aramaico, chamada de Targum Neofiti, e que mostra como os Judeus entendiam esses versos do Gênesis.

E o Senhor disse: “Façamos o homem em nossa semelhança, similar a nós mesmos…E a Palavra do Senhor criou o homem em Sua própria semelhança…” Targum Neofiti- Gênesis 1:26-27

Essa tradução faz parte da tradição Judaica, e que cunhou a teologia de que a imagem e semelhança de Deus criou Adão. A tradição Judaica chama “essa imagem e semelhança” de Adão Celestial (אדם קדמון Adam Kadmon).

O primeiro Adão foi criado pela imagem de Deus, e a imagem e a semelhança que se pode ver do Eterno é Jesus. Ele é a expressa imagem do Eterno, de forma que quem via a Jesus, em corpo humano, via ao próprio Eterno!

O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa…
Hebreus 1:3

E com trigo e joio, nesta parábola, Jesus nos ensina que o reino dos céus tem uma semelhança, a imagem de um homem que semeia a boa semente, que segundo o Mestre é Ele mesmo!

E ele, respondendo, disse-lhes: O que semeia a boa semente, é o Filho do homem;
Mateus 13:37

Joio ou trigo?

Para separar o joio do trigo, basta comparar quem tem a semelhança do reino/Jesus. Os filhos do reino são aqueles que se fazem semelhantes ao Mestre, que procuram imitá-lo em toda a sua forma de viver, cumprindo os mandamentos do Eterno.

Sede meus imitadores, como também eu de Cristo.
1 Coríntios 11:1

Quem é joio? Quem é trigo? Qual é a semelhança de Cristo?

O trigo não adora a outros deuses, conforme está escrito:

Não terás outros deuses diante de mim.
Êxodo 20:3

O trigo não adora imagens, nem de animais, nem de homens, nem de artistas, nem de atores, nem de cantores, não tem ídolos, pois quem tem ídolos será semelhantes a eles.

É interessante nesta parábola do trigo e joio, que o texto da Peshitta, em Hebraico, chama do joio pelo termo הַזּוּנִים “hazzuniym”, que literalmente significa “os que se prostituem“.

A Tanach (lê-se “tanar” – a Bíblica Hebraica), frequentemente compara a adoração a outros deuses com a prostituição:

…e quando eles se prostituírem após os seus deuses, ou sacrificarem aos seus deuses…
Êxodo 34:15

O trigo também não assassina, nem fisicamente, nem mesmo com palavras que matam diretamente na alma. Não usa o nome do Eterno em vão, dizendo coisas em nome de Deus, fazendo guerras em nome de Deus, enriquecendo em nome de Deus, explorando as pessoas em nome de Deus.

Vendendo bençãos em nome de Deus, vendendo curas em nome de Deus!

O trigo não vive no adultério, nem físico nem virtual, não se envolve com pornografia. Não furta, nem objetos, nem dinheiro, nem energia, nem o tempo que deveria dedicar a sua família.

Não tem cobiça, ou seja, não tenta se apoderar de coisas que pertencem ao próximo. Não dá falso testemunho, não repassa as fofocas que são falsos testemunhos contra os irmãos, coisas que “ouvi falar, não tenho certeza mas parece que…”.

O trigo não abandona seus pais na velhice, nem mesmo se aproveita da pouca aposentadoria que eles possam ter. Ao contrário, trabalha e se esforça para garantir segurança e dignidade a quem sempre dedicou carinho e atenção.

O trigo tira um tempo para dedicar a Deus. Ao menos uma vez na semana as coisas materiais tem que ser cessadas, para a busca do pão celestial, o alimento espiritual que mantém a vida espiritual.

O joio faz tudo ao contrário dos mandamentos acima que foram retirados do livro do Êxodo 20:1-17. E no último dia o Eterno irá separar o joio do trigo. O joio será lançado no fogo, e o trigo recolhido ao Seu celeiro.

…mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu…
Em sua mão tem a pá, e limpará a sua eira, e recolherá no celeiro o seu trigo, e queimará a palha com fogo que nunca se apagará.
Mateus 3:11,12

Fonte: Brasil Gospel Club