criança sonhou e família saiu antes que prédios caíssem

O desabamento de dois prédios em Muzema, na zona oeste do Rio de Janeiro, deixou até o momento nove mortos. Mas uma família escapou ilesa devido ao sonho de uma criança.

Luciene Freire, cabeleireira, foi acordada por volta de 01h30 por uma das filhas, que dizia ter sonhado com o desabamento de um prédio.

“Minha filha teve um sonho de que um prédio ia cair. Quando fui no quarto dela tinha uma rachadura enorme”, contou a cabeleireira, que morava na edificação há dois meses.

Assustada, ela chamou o marido e saiu do prédio imediatamente. No caminho, avisou uma vizinha, que não acreditou que poderia ocorrer algo mais sério e ficou. O próprio marido de Luciene também ficou no local, mas saiu às 06h, meia hora antes do incidente.

De acordo com informações do portal R7, a cabeleireira e suas filhas receberam atendimento psicológico em um posto montado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, já que uma das meninas sofre de Síndrome do Pânico.

“Nós estamos abalados, mas tô feliz porque estou com minhas filhas”, contou Luciene, que agora busca se reorganizar para recomeçar a vida.

De acordo com a Agência Brasil, o número de mortos chegou a nove na noite de sábado, 13 de abril. Ao todo, foram retiradas 17 pessoas dos escombros, sendo sete já sem vida. Outras duas pessoas que foram socorridas e hospitalizadas não resistiram aos ferimentos: um homem de 41 anos e um adolescente de 12. Os bombeiros trabalham com a estimativa de que ainda há 15 desaparecidos sob o que restou dos prédios.

A Polícia Civil enviou dois peritos ao local ontem para investigar o desabamento. O caso foi registrado na 16ª Delegacia de Polícia (Barra da Tijuca), e confirmaram que os prédios foram construídos de forma irregular em uma área de encosta e vieram abaixo depois de uma semana de chuva intensa no Rio de Janeiro.



Fonte: Gospel Mais