Conecte-se
Search

Filha de Ludmila Ferber, Dani Ferber inspira em seu novo single “Vai Ser Melhor”

Cantora e compositora, Dani Ferber iniciou sua jornada musical cedo cantando em igrejas e levando o seu violão para escola. Após anos afiando seus talentos pelo país, fez sua primeira aparição pública ao participar do programa The Voice, em 2015, integrando a equipe de Carlinhos Brown. Musicalmente, a artista carrega suas influências na manga, citando nomes como Adele, Annointed, John Mayer, e sua mãe, Ludmila Ferber.

Filha caçula da icônica cantora gospel, Dani Ferber está de volta com seu novo hino motivacional “Vai Ser Melhor”. A canção fala sobre virar a página e Dani não tem medo de admitir que a música serve como um incentivo para si mesma.

– Deixa, que amanhã vai ser melhor porque eu ando com a certeza de que eu nunca ando só. Conforme a vida segue, forma-se bagagens internas que podem nos agregar ou pesar, tornando necessário ressignificar os momentos e transformar essas cargas em boas lembranças e aprendizado. Viver, aprender, recomeçar e não se desesperar: tudo passa, nada está perdido, não carregue além do necessário, a vida é assim – explica a cantora.

Produzida por Matheus Cunha, da Compact Studios, a faixa carrega diversas influências musicais. Com um pé no gospel e outro na música contemporânea, “Vai Ser Melhor” é uma música difícil de se rotular e que trilha um caminho ainda pouco desbravado no Brasil. Seguindo o ritmo de seus próprios passos, Dani Ferber lança sua música para o mundo com o intuito de alcançar, tocar e, se possível, ajudar o máximo de pessoas possíveis.

O clipe, dirigido e editado por Cherry Rocha, carrega um tom intimista e fortemente sentimental, mostrando um time-lapse fictício da vida da cantora, começando com uma representação de sua infância projetada até sua velhice.

 

Picture of Ysa Oliver

Ysa Oliver

Deixe sua mensagem