“Entrei na sala de cirurgia louvando a Deus”, diz mulher que foi curada do câncer

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

A auxiliar odontológica Sirlene Gonçalves falou sobre uma fase delicada de sua vida, quando foi curada do câncer, a mesma doença que ocasionou a morte de seu pai. Antes de se converter, ela levava uma vida de muita bebedeira, mas foi liberta do vício quando se entregou a Jesus.

“Eu era uma pessoa que saia sábado e domingo, frequentava muito barzinho, tomava muita bebida. Mas a partir daquele momento, Deus já estava no controle da minha vida. As pessoas falavam que eu bebia pior do que homem”, contou no programa Noite e CIA.

“Eu não ficava tonta, mas depois de um tempo eu passei a ir ao médico comecei a sentir umas tremedeiras. O médico perguntou como era minha vida e eu expliquei. Meu pai também gostava muito de vinho tinto e a gente tomava juntos. O médico disse que a minha sorte era porque eu não tinha problema no fígado”, ressaltou.

Sirlene ainda contou que seu pai estava com câncer. “Quando a gente descobriu, o câncer já estava nos ossos”. Sirlene disse que seu pai morreu, mas antes de falecer ele aceitou Jesus.

A mulher testemunhou que em determinado momento sua barriga cresceu e ao procurar um médico ela descobriu que estava com cisto. “Um pastor, amigo da minha irmã, começou a orar e a profetizar que esse cisto iria sair. Quando fui fazer a cirurgia, no dia que eu fui operar, o plano havia sido cortado”, revelou.

Ela disse que Deus abriu a porta em um hospital de referência e foi então que constatou que tinha um tumor maligno e que tinha atingido os rins, o intestino e já estava chegando ao sangue. Sirlene conta que teria de fazer radioterapia e quimioterapia, mas Deus não permitiu que isso acontecesse.

“Na hora que eu fui para cirurgia, fui cantando ‘hoje o meu milagre vai chegar’. Minha cirurgia deveria ser de 7 às 4 horas da tarde. Eu entrei às 7 horas e quando foi às 9 horas já havia acabado. Quando acabou a cirurgia eu só queria tocar minha barriga. Quando eu pus a mão e não tinha nada, senti um alívio”, ressaltou.

Ela disse que na hora que sua barriga foi aberta a enfermidade já estava solta. “Estava com as raízes soltas. Antes um amigo havia orado por mim e ele contou que Deus havia mostrado que Deus estava levando a mão dele na minha barriga e tirando a enfermidade. E da mesma forma que ele falou, aconteceu”.



Fonte: Guia me

Deixe sua mensagem

CENTENAS DE RÁDIOS DE TODO BRASIL NO SEU CELULAR

Portal de comunicação com foco na informação e divulgação de costumes cristãos

Copyright 2021 © Gospel Planet