Conecte-se
Search

“Folha é cabo eleitoral de Haddad”, diz pastor Silas Malafaia

“É sério e grave o que eu vou mostrar […] o ‘fake news’ da Folha“. O tom firme adotado pelo pastor Silas Malafaia em mais um vídeo em que denuncia a parcialidade da imprensa, e nesse caso em especial, do maior jornal do país, rebate uma matéria veiculada recentemente sobre o apoio do líder pentecostal a Jair Bolsonaro.

A Folha publicou uma matéria em que afirmava que Malafaia havia disparado críticas ao jornal durante o culto, e o pastor mostrou fotos e vídeo que comprovam que as declarações foram dadas ao final da celebração, numa ilustração da distorção que o veículo fez na reportagem.

“Hoje, primeira página da Folha online, tem oito matérias contra Bolsonaro […] Só para mostrar o jornalismo parcial, porque a Folha é cabo eleitoral de Haddad e protege o maior corrupto da história política do Brasil, que é Lula”, contextualizou, mostrando um print screen do site do jornal, com matérias que acusam, ainda sem provas, Bolsonaro de praticar “caixa dois”.

Sobre a reportagem que a Folha veiculou dizendo que ele, Malafaia, havia atacado o jornal, o pastor foi enfático: “Mentira”.

“Além de ser mentira a primeira página [manchete], é mentira o conteúdo. […] Eu não citei a Folha hora nenhuma no culto. Qual é a prova? Entre no canal do YouTube da Igreja [Asembleia de Deus Vitória em Cristo], está lá gravado o culto do dia 18”, sugeriu. “Agora, sabe qual é a indignação da jornalista? É que depois do culto, quando veio a imprensa, eu arregacei a Folha. Então vamos à prova?”, contextualizou o pastor, mostrando uma foto do grupo de jornalistas fazendo a entrevista.

Após mostrar um trecho da entrevista gravada com os jornalistas da Folha e de veículos internacionais após o culto, Malafaia acrescentou: “Está aí, minha gente, o que eu venho denunciando desde o primeiro turno! Grande parte da imprensa brasileira tem preferência pelo PT. É esquerdopata, apoia Haddad e denigre de tudo que é forma Bolsonaro”, afirmou, fazendo uma correlação com a matéria que acusa o candidato do PSL de disparar conteúdo anti-PT no Whatsapp.

“A imprensa brasileira tem que aprender que acabou o monopólio da informação. Não adianta vocês denunciarem ‘fake news‘ de redes sociais, porque a imprensa, em grande parte, sempre foi responsável por ‘fake news‘”, reiterou o pastor. “Jornalismo inescrupuloso da Folha de S. Paulo. Mentem descaradamente, mas não vão conseguir! Bolsonaro vai ser presidente do Brasil”, concluiu.

Assista:

Assine o Canal

Confira também o culto mencionado na reportagem:

Assine o Canal



Fonte: Gospel Mais

Deixe sua mensagem