Jogador tem contrato encerrado após expor visão bíblica sobre homossexualidade

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O jogador de rúgbi australiano, Israel Folau, teve o contrato encerrado com seu time, Waratahs, após publicar um versículo bíblico nas redes sociais que condena a prática da homossexualidade.

Na última quarta-feira (10), o atleta publicou uma imagem com a mensagem: “Atenção bêbados, homossexuais, adúlteros, mentirosos, fornicadores, ladrões, incrédulos, idólatras. O inferno espera por vocês. Arrependam-se! Só Jesus salva”.

Na legenda da imagem, ele publicou outros versículos relacionados e ressaltou: “Aqueles que estão vivendo em pecado acabarão no inferno, a menos que você se arrependa. Jesus Cristo ama você e está te dando tempo para se afastar do seu pecado e ir até Ele”.

A Rugby Austrália emitiu um aviso de violação do contrato por ter considerado o post homofóbico. Folau pediu uma audiência para discutir o código de conduta após o anúncio do órgão.

Falando ao Sydney Morning Herald depois de um culto no último domingo (14), Folau disse que não irá reconsiderar o conteúdo do post que foi amplamente condenado pela comunidade de rúgbi.

“Vou me apoiar no que a Bíblia diz”, disse o atleta de 30 anos. “Eu compartilho com amor. Eu posso ver o outro lado da moeda, onde as reações das pessoas são totalmente o oposto de como eu estou compartilhando”.

“Mas Ezequiel 33:11 diz que ‘Deus não tem prazer na pessoa que vive em pecado’. Ele é um Deus amoroso e quer que as pessoas se afastem daquilo em que estão vivendo, e Ele lhes dará vida. Essa é a mensagem que estou tentando compartilhar, mesmo que pareça dura. Não posso mudar o que a palavra de Deus diz”, disse Folau.

O contrato de Folau com a Rugby Austrália vai até 2022, com a expectativa de que ele desempenhe um papel de protagonista na Copa do Mundo de Rúgbi deste ano. Ele foi alertado sobre sua conduta nas redes sociais no ano passado, depois de afirmar que os gays iriam para o inferno a menos que se arrependessem.

Ele afirma que sua fé não será abalada, caso seu contrato seja de fato encerrado. “Acima de tudo, eu vivo para Deus agora. Tudo o que Ele quer que eu faça, acredito que Seus planos para mim são melhores do que qualquer coisa que eu possa pensar. Se for não continuar jogando, que assim seja”, destacou.

“Obviamente eu adoro jogar futebol e, se for por esse caminho eu, sentirei muita falta. Mas minha fé em Jesus Cristo é o que vem primeiro”, acrescentou Folau.



Fonte: Guia me

Administrador

Administrador

Deixe sua mensagem

ouça a melhor rádio do brasil no seu celular

Portal de comunicação com foco na informação e divulgação de costumes cristãos

Copyright 2021 © Gospel Planet