Conecte-se

Jornalista expressa “preocupação” com oração por Bolsonaro

Em seu primeiro pronunciamento para um pool de emissoras de TV, com imagens geradas pela equipe de Globo, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) pediu ao amigo Magno Malta (PR) que fizesse uma oração de agradecimento a Deus pela vitória e também “pedir sabedoria”. A cena, transmitida ao vivo, repercutiu em todo o país.

A jornalista Miriam Leitão, que participava da cobertura da Globo News, expressou descontentamento com a manifestação de fé no momento da festa: “O Estado brasileiro é laico. Um grupo de cristãos… Aquilo [a roda de oração] cria um pouco de preocupação. O compromisso de um estado laico é fundamental. É conquista da reforma protestante, inclusive. Separar Estado de Igreja é fundamental”, reclamou Miriam ao final da oração.

A maioria da imprensa se limitou a repercutir a reunião de oração, destacando que a futura primeira-dama esteve ao lado do presidente eleito o tempo todo, assim como o senador Magno Malta e o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) que foram os principais aliados do presidente na campanha.

A oração

“Nós começamos essa jornada orando, e o mover de Deus – e ninguém vai explicar isso, nunca -, os tentáculos da esquerda jamais seriam arrancados sem a mão de Deus. Chegamos orando, e mais que justo, que agora, oremos para agradecer a Deus, disse Malta, explicando o que aconteceria a seguir.

“Senhor meu Deus e meu Pai, nesse momento nós te somos agradecidos. Foram anos de luta, falando com o povo, pedindo a Tua proteção, falando sobre família, falando sobre país, o cuidado das nossas crianças, Deus na vida da família, na vida do Brasil, lutando contra a corrupção, enfrentando tudo e todos. Esse é um momento festivo, mas mais que isso, é um momento de gratidão!”, disse o senador em oração.

Em seguida, acrescentou que estavam ali reunidos para “agradecer ao Senhor pelo que fez, levantou Jair Bolsonaro duas vezes”, em referência ao livramento no atentado em Juiz de Fora (MG) e à eleição. “O Senhor não permitiu que a morte o tragasse no momento de expectativa e de sonho para o povo brasileiro”.

“Ele está de pé! Deus, a vitória concretizada. Agora, dê a ele sabedoria, compreensão ao povo brasileiro, a todos nós, para que ele possa ter tempo, Senhor, para poder reparar, desfazer minas que foram colocadas, e devolver dias felizes, de alegria, ao povo brasileiro, às nossas crianças, nossas escolas, e às nossas famílias”, pediu Magno Malta.

“A Tua Palavra diz que quem unge autoridade é Deus, e o Senhor ungiu Jair Bolsonaro, e a partir dessa data, Senhor, ele passa a ser o presidente de todos nós. Um presidente que ama a pátria, um cristão verdadeiro, um patriota cheio de fé, coragem e esperança”, continuou, agradecendo ainda por “todos os nossos amigos, companheiros, desde o homem mais simples nas ruas, do município mais simples desse país, que levantou uma bandeira, desde aquela senhora que orava de madrugada, outra que rezava, evangélicos, espíritas, católicos, confissões de fé de um país majoritariamente cristão”.

Ao final, o senador agradeceu também pela família do presidente eleito: “Obrigado Jesus pela família dele, pelos filhos, pela esposa, pelo cuidado, Deus, porque se tornaram guardiões da vida dele mais que nunca, no momento difícil. Obrigado por essa hora de festa no Brasil e no mundo. Agradecemos em nome de Jesus, o Brasil acima de tudo e Deus acima de todos”, concluiu.

Assine o Canal



Fonte: Gospel Mais

Deixe sua mensagem