Missão evangélica ajuda dezenas de crianças com alimento na África

Missão evangélica ajuda dezenas de crianças com alimento na África

 

O amor ao próximo não possui barreiras e nem mede distâncias. Como exemplo dessa verdade, uma missão evangélica tem auxiliado dezenas de crianças que vivem em condições precárias na África, precisamente na província de Chikwawa, localizada na região sul do Malawi.

Se trata do “Projeto Daniel”, uma missão evangélica que atende mais de 8 mil crianças que passam por necessidades em várias regiões da África, ofertando alimentação diária, educação e também abrigo. Todas são acompanhadas por missionários que levam a Palavra de Deus ao conhecimento delas.

O Projeto Daniel atua em parceria com a Missão Mãos Estendidas (MME) e recentemente tem apoiado diversas crianças e suas famílias afetadas pelo ciclone Idai, que atingiu, entre outros países, o Malawi, deixando 60 pessoas mortas e outras 577 feridas.

“Muitas vezes você não pode vir à África, mas o seu coração pode vir à África. O seu coração na África vai transformar a realidade dessas crianças”, afirmou Marcos Corrêa, que está à frente do projeto em Hatone, segundo informações do portal Guiame.

Marcos falou que durante os seis meses em que o Projeto Daniel está em operação, mudanças significativas já são visíveis. Os missionários, por exemplo, estimam que 13 toneladas de alimentos já foram enviados para a região de Chikwawa.

Na aldeia de Hatone, além de alimentação diária, às crianças (em sua maioria órfãs) recebem orientação bíblica e educação em salas de aula feitas de barro e palha. Outro grande objetivo da missão evangélica, portanto, é arrecadar fundos para construir espaços de alvenaria.

No ano passado o pastor Joel Engel, idealizador do Projeto Daniel, destacou a importância da alimentação das crianças necessitadas na África como uma prioridade. Na ocasião, o líder religioso organizou o envio de toneladas de leite em pó para suprir de forma emergencial a falta de nutrição das crianças.

“Sabemos que em muitos países da África não há recursos disponíveis para ajudar na alimentação destas crianças, por isso precisamos enviar essa doação, com o objetivo de manter milhares de crianças do Projeto Daniel bem alimentadas”, disse ele.

Fonte: Gospel Mais