Missionário R.R Soares é processado por ex-fiel da Igreja da Graça

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Missionário R.R Soares (Reprodução- Instagram)

Uma ex-membra da Igreja Internacional da Graça acusa o Missionário R.R Soares de vender as suas músicas para cantores famosos, como: Thalles Roberto, André Valadão, Regis Danese, Bruna Karla, Aline Barros e Anderson Ricardo Freire.

A compositora Matilde Moreira de Oliveira entrou com uma ação de direitos autorais, danos materiais e morais contra o Missionário R.R Soares e vários outros cantores gospel, alegando que teve um caderno de capa dura furtado, contendo mais de 100 músicas Gospel.

Segundo apurado com exclusividade pela nossa redação, um tempo depois, Matilde informou que após conversar com outros compositores e outras gravadoras, descobriu que todos os cantores adquiriram as músicas através do Missionário R.R Soares.

Ao falar com o religioso e perguntar sobre como o caderno dela chegou às suas mãos, solicitando um justo ressarcimento, teve como resposta “que estava louca” e ele lhe expulsou da Igreja.

Os sucessos mencionados por Matilde como sendo de sua autoria, são: “Indiferente”, “Pela Fé”, e “Até Quando”, de André Valadão; “Faz Um Milagre Em Mim”, de Régis Danese; “Escrita Pelo Dedo de Deus ”, de Thalles Roberto; “Milagre”, de Aline Barros; “Advogado Fiel” e Quando Eu Chorar”, de Bruno Karla; e “Raridade”, de Anderson Freire.

Pela utilização da suposta obra de plágio e objeto de furto do seu caderno, Matilde entrou com uma ação, querendo receber um valor entre R$ 100.000,00 a R$ 500.000,00.

Fonte site TJSP, processo 1011646-20.2019.8.26.0100



Fonte: Fuxico Gospel

Administrador

Administrador

Deixe sua mensagem

ouça a melhor rádio do brasil no seu celular

Portal de comunicação com foco na informação e divulgação de costumes cristãos

Copyright 2021 © Gospel Planet