Conecte-se

Presidente da Onimusic, Nelson Tristão concede entrevista ao podcast “Fala Clê”

O presidente da Onimusic, Nelson Tristão, revelou em entrevista ao produtor musical Clemente Magalhães que criou a empresa para atender uma demanda bem específica: bandas e artistas que não queriam ter vínculos com uma gravadora. O ano era 2004 e o comum eram contratos com grandes gravadoras, como a MK Music e a Line Records. Segundo o empresário, sua iniciativa ofereceu uma nova opção que até então não existia no setor cristão.

Ele lembrou que iniciou primeiro o trabalho de distribuir os discos gravados em conferências como “Som da Chuva”, ministério que gravava em inglês e português, e “Fogo e Glória”, liderado pelo cantor David Quinlan.

– Haviam as conferências, mas também tinha música e a gente gravava ao vivo as músicas. Trazíamos pessoas dos Estados Unidos. Depois, eu tinha que distribuir para as livrarias. Os produtos físicos evangélicos eram distribuídos em livrarias especializadas. Eram mil livrarias que existiam e ainda existem e eu tinha que montar uma estrutura de distribuição e essa parte era tranquila, porque eu passei 18 anos trabalhado com vendas – lembra Nelson Tristão, que começou a receber pedidos dos artistas de Belo Horizonte que prezavam pela liberdade criativa e não queriam ter vínculos com as gravadoras.

De acordo com o empresário, esses artistas independentes não queriam assinar um contrato com uma gravadora, pois eles tinham um entendimento diferente do que a música cristã poderia cumprir.

– E nessa, se uma gravadora do modelo que existe não estava atendendo, eu tenho que criar uma coisa que seja diferente disso e em setembro de 2004 criei a Onimusic para atender essa classe de artistas cristãos – pontua Tristão.

MAIOR CASE DE SUCESSO DO GOSPEL
Atualmente, a Onimusic tem em sua lista de artistas grandes nomes do segmento gospel, como Gabriela Rocha, Nívea Soares, Morada, Rodolfo Abrantes e outros. Durante a entrevista, Nelson Tristão pôde mostrar alguns sucessos que foram lançados pela sua gravadora. Um dos ministérios apresentados a Clemente Magalhães é o Diante do Trono, liderado pela pastora Ana Paula Valadão Bessa. Segundo o empresário, o Diante do Trono é o maior case de sucesso gospel do Brasil.

– Este é o maior case de sucesso do Brasil, disparado. O segundo está há quilômetros de distância- diz Nelson Tristão sobre o Diante do Trono, que em 2023 completará 25 anos de ministério.

A entrevista completa está disponível no canal Corredor 5, do produtor musical Clemente Magalhães e pode ser conferida a seguir.

 

Luiz

Luiz

Deixe sua mensagem

CENTENAS DE RÁDIOS DE TODO BRASIL NO SEU CELULAR

Portal de comunicação com foco na informação e divulgação de costumes cristãos

Copyright 2021 © Gospel Planet