“O fim dos tempos não começou agora, mas na ressurreição de Jesus”, diz Paul Washer

Em uma mensagem sobre o fim dos tempos, o pastor Paul Washer falou sobre o grande risco que foi previsto pelas profecias bíblicas: a apostasia entre cristãos.

“O fim dos tempos não começou com algum avivamento nos anos 50. O fim dos tempos começou com a vinda, a morte, a ressurreição e a exaltação do Messias. Quanto tempo durará estes últimos tempos? Até que Ele retorne”, esclareceu o pastor.

Desde a ressurreição de Jesus, Washer observa que os cristãos passaram a lidar com o perigo contínuo da apostasia. “No contexto do cristianismo, apostasia significa apartar-se da fé ou ficar distante das doutrinas primárias ou centrais da fé. Este contexto voltado de maneira específica em direção a nossa relação com o Evangelho de Jesus Cristo”, observa.

Washer destacou que é possível cometer erros sem haver entrado em apostasia. No entanto, ele afirmou que “pode haver tipos e níveis de apostasia em nossos corações”, sejam elas ligadas à doutrina, à ética ou cotidiano.

O pastor também pontuou que existem instrumentos da apostasia: assim como Deus usa homens para o avanço do seu Reino, o Diabo usa homens para a sua causa contra o Reino.

“O livro de Atos mostra que quando o Reino está progredindo, a Palavra está sendo proclamada. Mas você tem que entender que há duas linhas neste campo de batalha: em uma estão os homens com a verdade, não por méritos próprios, senão pela graça de Deus; em outra estão os proclamadores de mentiras, banalidades e até coisas boas, mas não são as melhores coisas de Deus”, disse o pastor.

Confira a pregação completa:



Fonte: Guia me