O ‘Supremo Tribunal do Universo’ julgará os ministros do STF que votarem pró-aborto, diz pastor Elinaldo Renovato

Da redação JM

Mesmo que as leis humanas aprovem (o aborto), para nós cristãos, a Lei de Deus é a que prevalece”, assim destaca o pastor Elinaldo Renovato a postura combativa dos cristãos em defesa da vida ainda no ventre em tempos onde avançam as iniciativas legislativas para liberar o aborto em nosso país. Em entrevista à TV CPAD, o teólogo assembleiano mostra à luz da Bíblia o valor da vida intra-uterina e alerta sobre os planos das frentes pró-aborto que têm buscado fortalecer a sua agenda no Brasil.

Elinaldo Renovato de Lima, líder da Assembleia de Deus em Parnamirim (RN), é autor da obra “Ética Cristã – confrontando as questões morais do nosso tempo”, onde examina abordagens éticas influenciadoras nas decisões da nossa sociedade e apresenta o posicionamento da ética cristã sobre o aborto, planejamento familiar, sexualidade, divórcio, eutanásia, doação de órgãos, clonagem humana, política e outros assuntos.

No vídeo abaixo, Renovato fala especificamente sobre o aborto e revela que já enviou até mesmo uma carta aos ministros do STF advertindo-os que ao decidirem sobre questões referentes à liberação do aborto no país saibam que em breve eles mesmos serão julgados pelo “Supremo Tribunal do Universo”.

“Na qualidade de ministro de Deus quero advertir que vossas excelências serão julgados pelo STU (Supremo Tribunal do Universo). Vossas excelências vão responder perante a Lei de Deus”.

Assista:



Fonte: JM Noticias