Conecte-se

Pastor critica comportamentos que ele considera “afeminados” na Igreja

Um trecho de uma pregação feita pelo pastor Waldemir Farias na Igreja Evangélica Assembleia de Deus Templo Central, em Recife, viralizou nas redes sociais. Durante o sermão, o pastor fez críticas aos comportamentos considerados “afeminados”.

No vídeo, Waldemir critica a aceitação desses comportamentos como algo normal no meio evangélico, em sua denominação. Ele foca especialmente na normalização de gestos associados ao comportamento feminino, como sentar cruzando as pernas.

O conteúdo da pregação sugere que o pastor Waldemir Farias vê esses gestos como uma aceitação do estilo de vida LGBT+. Ou seja, sua crítica não parece ser apenas estética, mas sim direcionada à aceitação de uma ideologia condenada pela Bíblia.

Reações

Os seguidores do perfil Assembleianos de Valor, que compartilhou o vídeo, dividiram-se em opiniões. Muitos elogiaram o pastor por pregar a palavra de Deus. Já outros criticaram o fato de ele focar em questões visuais para determinar a sexualidade de uma pessoa.

Alguns internautas ressaltaram que o mais importante é a consciência do pecado e a luta contra ele, mesmo que não seja possível abandonar completamente os gestos femininos. Isso é especialmente válido para ex-homossexuais, por exemplo.

Uma discussão interessante e importante, não é mesmo? Assista ao vídeo e tire suas próprias conclusões:

Gospel Planet

Administrador

Administrador

Deixe sua mensagem