Pastor descumpre decreto e reúne fiéis em dia com 2,7 mil mortes por covid

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Culto do pastor Mauro Ortiz Neves

O Brasil teve o seu dia mais letal nesta terça-feira (16), com 2.798 novas mortes por Covid-19 reportadas nas últimas 24 horas. Mesmo assim, com a maioria dos estados e cidades com números recordes de óbitos, um pastor reuniu uma multidão de fiéis em um culto.

O pastor e vereador Mauro Ortiz Neves (PSDB) realizou um evento evangélico com aglomeração em Ponta Porã, cidade que fica a 323 quilômetros de Campo Grande.

A celebração, que teve início às 18h, fez parte da campanha “O que Deus Escreve Ninguém Apaga”, que acabou por volta das 20h45, excedendo o horário do toque de recolher a partir das 20h em todo o Mato Grosso do Sul. As irregularidades foram denunciadas pelo site Ponta Porã News.

O culto aconteceu em frente a Igreja Nova Redenção da Fé, e de acordo com testemunhas, a lotação do local podia ser notada de longe.

O pastor dirigiu o evento sem máscara de proteção, e os fiéis não respeitaram o distanciamento social recomendado.

Em fevereiro, Mauro também foi denunciado por realizar cultos com a igreja lotada durante a pandemia. Na época, ele disse que a superlotação era porque muitas pessoas estavam em “busca de milagres” e que a igreja é um lugar de refúgio dos fiéis.

Culto do pastor Mauro Ortiz Neves



Fonte: Fuxico Gospel

Administrador

Administrador

Deixe sua mensagem

ouça a melhor rádio do brasil no seu celular

Portal de comunicação com foco na informação e divulgação de costumes cristãos

Copyright 2021 © Gospel Planet