Pastor é preso suspeito de abuso sexual e envergonha mundo gospel

Pastor preso acusado de abuso sexual (Crédito: Divulgação/Polícia Civil da Bahia)

Casos e mais casos de líderes religiosos que conseguiram enganar as mulheres de suas respectivas igrejas, foram registrados muitas vezes. Dessa vez, mais um fato foi descoberto, na cidade de Itiruçu, na região sudoeste da Bahia.

Juvêncio Faustino dos Santos Filho é um pastor que foi preso, na última sexta-feira (4), suspeito de estuprar duas adolescentes que congregavam na igreja onde ele atuava. A igreja que ele liderava não foi divulgada.

+ Joelma “Calypso” canta em vigília da Assembleia de Deus e o inesperado acontece

De acordo com a Polícia Civil, as vítimas são filhas de integrantes da sua igreja. O que chamou atenção no ato da prisão foi que, o crime aconteceu no ano de 2014 quando as vítimas tinham apenas 12 e 13 anos de idade.

Após ser detido, ele foi encaminhado para a Delegacia Territorial (DT) de Jaguaquara, onde passou por exame de corpo de delito e depois foi encaminhado ao sistema prisional do estado.

+ Folha fala sobre anticristo mirando em Bolsonaro, e evangélicos ficam alerta

“Os crimes aconteceram naquela cidade [Itiruçu] e assim que o mandado foi expedido pela Justiça, na quinta-feira, 3, nós o cumprimos”,  declarou o delegado Arão Borges.

Ele deverá ser enquadrado no crime de estupro de vulnerável, que é quando um agressor violenta uma pessoa menor de 14 anos, alguém com enfermidade, deficiência mental ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência. Nesse caso, a pena pode variar de 8 a 15 anos de prisão.

Pastor preso acusado de abuso sexual (Crédito: Divulgação/Polícia Civil da Bahia)

Luto: Pastora cai morta no altar da igreja e choca evangélicos

Jacira Cabral (Reprodução)

Jacira Cabral (Reprodução)

O último domingo (06), foi o primeiro e o último culto do ano da pastora Jacira Cabral, 52 anos, que morreu no púlpito da igreja enquanto contava  um testemunho sobre a virada do ano.

A pastora atuava na igreja Ministério da Oração, em Sena Madureira (AC). Durante o culto, ela decidiu contar uma inspiração para 2019. Em seguida, passou mal e soltou o microfone e caiu sem vida.

“Estávamos no culto louvando hinos e ela foi falar da Bíblia, da Palavra de Deus e do ano começando. Ela falou alguma coisa bem baixinho que a gente não conseguiu ouvir e já soltou o microfone e caiu para trás”, relatou a filha da pastora, Tatyane Cabral, 18 anos. Jacira foi levada ao Hospital João Câncio Fernandes, mas já chegou na unidade sem vida.

Sem maiores informações sobre a causa da morte, a filha da pastora comentou com o portal G1 que o médico suspeita que ela tenha sofrido um acidente vascular cerebral (AVC). “O que sabemos é que não foi nada no coração dela. Ela já tinha labirintite e sempre estava um pouco ruim da saúde e também da pressão. Ela sempre estava meio cansada e nunca reclamou, mas, quando ela estava ruim, a gente sabia. Ela ficava quietinha no canto e falava, mas não foi o caso”, relatou.

Jacira era natural de Rio Branco e congregava na Igreja Ministério da Oração, em Sena Madureira, havia três anos. Além de Tatyane, ela tinha mais três filhos e dois estavam no culto quando ela faleceu.

Familiares, amigos e pastores, lamentaram a morte da pastora, ao mesmo tempo que prestaram solidariedade para família.

Fonte: Fuxico Gospel