Pastor flagrado “cantando” mulher casada é promovido por Samuel Ferreira

Bispo Samuel Ferreira e pastor Marcos Rangel

Bispo Samuel Ferreira e pastor Marcos Rangel


O pastor Marcos Rangel, ex-vice-presidente da ADBrás, que em março deste ano se envolveu em uma polêmica, quando áudios em que ele aparece assediando uma fiel de sua igreja vazaram em grupos de Whatsapp, protagoniza um novo escândalo de ordem eclesiástica

O esposo da mulher ouviu os áudios e o pastor precisou sair da igreja sob escolta armada, de seguranças do bispo Samuel Ferreira.

+ Apóstolo brasileiro promove natal solidário no Haiti para crianças carentes

Nove meses se passaram e o O Fuxico Gospel descobriu, que o pastor Marcos Rangel foi promovido ao cargo de diretor geral de eventos da igreja.

O pastor foi designado a ocupar um posto de alta responsabilidade com a permissão e a benção do bispo Samuel Ferreira, mesmo sendo protagonista do maior escândalo da ADBrás no ano de 2018.

+ Urgente: Morre irmão de Delino Marçal e cantor gospel toma decisão inesperada

Portanto, a punição recebida por ele foi na realidade uma promoção. Marcos Rangel, perdeu a liderança da igreja de Mauá, mas ganhou uma posição de destaque ao lado do líder supremo da Assembléia de Deus do Brás.





Fonte: Fuxico Gospel