Conecte-se

Pastor grava vídeo na fronteira da Coreia do Norte e faz oração pelos cristãos, assista

A Coreia do Norte ocupa hoje o primeiro lugar na lista mundial de perseguição religiosa elaborada pela organização Portas Abertas, divulgada anualmente. Considerado o pior lugar para um cristão exercer a sua fé, o país é controlado pela ideologia comunista comandada por seu ditador, Kim Jong-un.

Quem esteve na fronteira da Coreia do Norte com a Coreia do Sul foi o pastor David Platt, líder da igreja McLean Bible, em Washington, capital dos Estados Unidos. Ele gravou uma série de vídeos relembrando episódios de perseguição religiosa sofridos pelos cristãos, desde à época em que às duas Coreias eram colônias do Japão.

“A história remonta a antes mesmo da aquisição comunista”, disse Platt na gravação feita online, direto da Zona Desmilitarizada entre os dois países do Norte e Sul. “Quando o Japão estava governando aqui, e o pastor desta igreja se recusou a participar da adoração ao santuário, o pastor foi martirizado”.

“Bem atrás de mim está uma imagem de santos fiéis que no último século adoraram a Cristo e pagaram com suas vidas. É uma lembrança dos edifícios da igreja como este em toda a Coreia do Norte”, disse ele, apontando para ruínas do período anterior ao domínio comunista.

O túnel de onde Platt fez a sua gravação, segundo o pastor, foi cavado, provavelmente, pelos norte-coreanos que tentaram escapar para o país do Sul, posteriormente apoiado pelos Estados Unidos. Apesar de muitos não terem conseguido migrar, nada ocorreu fora do controle de Deus.

“As pessoas não alcançadas não são alcançadas por uma razão”, disse Platt, ressaltando a soberania dos desígnios de Deus. Ele explicou que independentemente disso devemos orar sempre para que o Evangelho chegue ao conhecimento de todos e fez uma oração em seguida, clamando ao Senhor pelos coreanos.

“Deus, em lugares onde é perigoso proclamar a sua Palavra, nós oramos que você lhes dê graça e ousadia para proclamá-la. Corajosamente, com sabedoria, humildemente, Deus, sabendo que há risco para suas vidas nisso. Por favor, oh Deus, ajude-os”, disse o pastor.

Platt pediu que Deus fortaleça os norte-coreanos diante da extrema perseguição religiosa. “Por favor, fortaleça-os. Deus, enquanto a perseguição vem, oramos que você fique ao lado deles, esteja com eles”, disse ele, com informações do Radical Net. Assista no vídeo abaixo:

Assine o Canal



Fonte: Gospel Mais

Deixe sua mensagem