Pastor Renato Vargens diz que pastores esquerdistas amam ideologias e se tornaram adversários do povo

Da Redação JM Notícia 

As redes sociais se tornaram palco de uma guerra entre direita e esquerda que ficou ainda mais polarizada com o resultado do primeiro turno das eleições presidenciais onde os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) se enfrentam no segundo turno.

Bolsonaro,  candidato da direita, tem apoio da maioria das denominações evangélicas do país, mas suas falas duras contra minorias faz com que muitos pastores, principalmente os ligados à esquerda,  se coloquem contra Bolsonaro e façam campanha para o PT.

Mas na visão do pastor Renato Vargens, os pastores de esquerda que rejeitam a vontade popular de eleger Bolsonaro se tornam adversários do povo.

“Alguns pastores entrarão para história por terem se oposto a vontade popular de escolher Jair Bolsonaro presidente da república. Por amarem a ideologia esquerdista, tornaram-se adversários do povo que quer se ver livre da bandidagem do PT”, escreveu Vargens no Twitter.



Fonte: JM Noticias