Pescador à deriva no Oceano Pacífico sobrevive orando e lendo a Bíblia

A oração e a leitura da Bíblia Sagrada serviram para dar forças e manter a lucidez de um jovem pescador indonésio que ficou à deriva no Oceano Pacífico durante 49 dias. Ao ser resgatado, ele contou que a orientação para se dedicar à Palavra de Deus durante as adversidades veio de seus pais.

Aldi Novel Adilang, 19 anos, trabalha como guardião de lâmpadas em uma cabana de pesca que funciona como uma armadilha flutuante de peixes, ancorada ao fundo do mar por uma longa corda e suspensa por boias, localizada a 125 quilômetros da costa da Indonésia. Em meados de julho, os ventos fortes em alto mar romperam as amarras da cabana, deixando o jovem à deriva.

A certa altura, Adilang acreditou que não sobreviveria, mas lembrou dos conselhos de seus pais, que sempre o incetivavam a “orar em momentos de aflição”. Em entrevista concedida ao portal TribunManado, ele se dedicou à leitura da Bíblia Sagrada e às orações enquanto esperava o resgate.

Em meio a tudo isso, Adilang tentou ser visto por navios que passavam próximo da área onde ele estava, mas sua estratégia de agitar panos não foi bem-sucedida. Depois, ele tentou enviar sinais de emergência via rádio.

Os suprimentos que ele tinha na cabana foram racionados, mas mesmo assim durariam apenas mais alguns dias. Para fazer com que o alimento durasse, ele sobreviveu pescando e queimando pedaços da madeira da cabana flutuante para cozinhar. Outra estratégia que o ajudou sobreviver foi filtrar a água do mar com suas roupas. Dessa forma ele minimizava a ingestão de sal, segundo informações do jornal Extra.

Ao ser resgatado, Adilang foi levado para o Japão, atendido por médicos e posteriormente levado ao consulado da Indonésia na cidade de Osaka. De lá, os funcionários o acompanharam de volta à cidade de Manado, em seu país de origem. Os relatórios obtidos dão conta de que ele está em bom estado de saúde.

O jovem pescador no momento que foi encontrado e resgatado em alto mar



Fonte: Gospel Mais