Porta dos Fundos lança mais um vídeo polêmico e ridiculariza cristãos

Vanilda Bordieri (Reprodução)

O canal de humor Porta dos Fundos, que faz muito sucesso no Youtube, e é muito famoso por fazer piadas com  passagens bíblicas, mais uma vez passou dos limites e publicou um vídeo nessa segunda-feira (28), que está causando a maior polêmica.

O vídeo intitulado “Padrino”, é uma sátira que mostrar “deus” dialogando com um “pastor”, lhe dando uma bronca porque a arrecadação do dízimo foi pouca, e aconselha o pastor a tirar tudo dos fiéis: casa, carro e salário, e diz:“10% não dá nem pra preencher o buraco do meu dente e a prega do seu c#”.

+ Pastor dos EUA “detona” Tiago Brunet; “Não é pastor, é um mentiroso”

Logo após o palavrão, Fábio Porchat, que interpreta Deus, chama Jesus na conversar. A cena fica ainda mais revoltante e sem o mínimo de respeito pelos os cristãos que são maioria no Brasil, pois Jesus aparece todo tatuado e fumando um cigarro.

No vídeo polêmico, Deus e Jesus ameaçam torturar o pastor ou a família dele para ele conseguir mais dinheiro. Depois das ameças Porchat, (Deus), diz que um dia matou a humanidade afogada porque acordou com torcicolo.

O “pastor” então pergunta o que fazer para conseguir mais dinheiro? e deus diz o seguinte:“faça aquilo que sempre fez, se eles querem a salvação eles que paguem”. Para finalizar Porchat sobe na moto e joga uma toalhinha, e manda o pastor fazer a “mágica” dele.

+ Cassiane passa “aperto” após comentar tragédia em Brumadinho

A crítica foi aos pastores que usam desses artifícios para arrecadar dinheiro, caracterizando uma indireta aos pastores e bispos da TV Record, antiga emissora onde o ator e humorista apresentava um Talk Show.

O vídeo encerra com uma crítica ao prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, e Porchat mais uma vez usa o seu personagem ‘deus’ para ridicularizar os cristãos.

+ Virou padre? Saiba o que aconteceu com o pastor que chutou a santa

Só para relembrar esse mesmo canal contratou Cabo Daciolo para fazer um vídeo em comemoração aos 15 milhões de inscritos, e para surpresa dos evangélicos ele aceitou, o que causou revolta entre a comunidade evangélica.

Assista ao vídeo na integra.

Vanilda Bordieri defende Rede Globo e responsabiliza evangélicos por sofrerem preconceito

Vanilda Bordieri (Reprodução)

A cantora gospel Vanilda Bordieri, recentemente fez um comentário a respeito de como o evangelho de Cristo está sendo deturpado. Segundo ela, muitos cristãos fazem da Igreja um verdadeiro circo.

A verdadeira história por trás de todo comentário se dá pelo fato de que, no ano passado a rede Globo através do programa “Tá No Ar” usou o tema da globeleza para satirizar os evangélicos com uma paródia gospel.

+ Novo clipe de Priscilla Alcantara afronta evangélicos e se aproxima cada vez mais do secular

O fato ocorrido gerou muita polêmica entre os evangélicos, a rede de televisão também foi alvo do ataque do pastor Marco Feliciano que se manifestou com repúdio à sátira. “…Não fazem humor com negros, com gays, com muçulmanos e com tantas outras, o que merece meu respeito, mas teimam em atacar gratuitamente nós cristãos”, comentou Feliciano.

Vanilda por sua vez, não saiu em defesa dos evangélicos, pelo contrário, ela criticou através do seu perfil no twitter. A cantora afirma que todo motivo de chacota, de humor contra os evangélicos, é porque os mesmos promovem esta liberdade, ou seja, devido a certas ações praticadas dentro de uma igreja.

+ Daniela Mercury solta seus “demônios”, acusa pastor de homofobia, e ele faz o improvável

E ainda ousou ao enaltecer que, a culpa não é da Globo e sim porque dos evangélicos estão fazendo dos mistérios manifestos na igreja, um verdadeiro circo.

Confira o Twitter:



Fonte: Fuxico Gospel