“Profecia” de Marco Feliciano se cumpre e pastor comemora

Pastor Marco Feliciano (Reprodução)

Pastor Marco Feliciano (Reprodução)


O pastor e deputado federal Marco Feliciano, publicou na tarde dessa quinta-feira (21), um pequeno vídeo seguido de um documentário onde ele comenta sobre a prisão do ex-presidente Michel Temer, que ocorreu no final da manhã de ontem, designada pela operação Lava Jato da polícia Federal.

Feliciano foi um dos deputados que votou para que o processo de denúncia contra Temer fosse arquivado enquanto ele estivesse no poder. O voto do pastor repercutiu de maneira negativa nas mídias sociais, e ele acabou sendo julgado e criticado por muitos brasileiros.

+ Samuel Mariano esclarece vídeo polêmico em que aparece fazendo cobrança

Feliciano justificou seu voto e disse:“Não votei pelo arquivamento da denúncia! Está continua de pé e em 01/01/2019 o Michel Temer volta a ser cidadão comum e investigado será”.

A publicação do vídeo dessa quinta, foi para lembrar aos que criticaram o pastor na época, e provar que sua atitude naquele momento, foi a mais sensata.

No vídeo, o pastor lembrou que sempre deixou claro que não confiava no (STF) para investigar os delatados na Lava Jato, pois o juiz Sérgio Moro prendia, e o (STF) soltava, segundo ele, uma manobra para desestabilizar o governo na época.

+ Ex-integrante do grupo Voz da Verdade é consagrada a pastora pelo pai

“Eu deixei claro que só confiava no juiz Moro pois ele representava a Lava Jato, eu disse quero que Temer em primeiro de janeiro de 2019 quando deixar de ser presidente, quando perder o foro privilegiado, e se tornar um réu comum, ele vai cair nas mãos do juiz Sérgio Moro, a “profecia” se cumpriu, não em janeiro, mas em março. Temer caiu nas mãos de quem eu confiou”…

Assista ao vídeo na íntegra.





Fonte: Fuxico Gospel