Conecte-se
Search

“Que Deus me reserve o lugar mais quente no inferno” tem blasfemado o presidente de Filipinas

O presidente de Filipinas, Rodrigo Duterte, quem sempre causa desagrado e moléstia em seus discursos em momentos onde tem que se referir ou falar Deus, tem manifestado segundo novas declarações que “se Deus existe, eu renunciarei ao cargo e serei o líder do inferno porque Deus não é real”.

“Que Deus me reserve o lugar mais quente no inferno” tem blasfemado o presidente de Filipinas
“Que Deus me reserve o lugar mais quente no inferno” tem blasfemado o presidente de Filipinas

Conhecido por blasfemar contra Deus na cada um de seus discursos e sentir ódio pela comunidade cristã de seu país, supostamente lhe pediu a Deus que lhe guarde um lugar no céu a todas as vítimas das execuções judiciais de sua guerra contra as drogas.

“Eu espero que seus direitos humanos ali no céu porque o Senhor lhes prometeu que as vitimas das execuções extrajudiciais iriam ao céu”, disse durante a inauguração de um centro de reabilitação de pessoas adictas a substâncias psicotrópicas.

E não lhe bastando com isso, lhe disse a Deus que lhe guardasse o lugar mas quente no inferno, “E que me reserve o lugar mas quente do inferno até queimar pela eternidade”, asevero.

Filipinas é um país católico e Duterte sempre se debocha do Deus de seus críticos, “¿Porque o Senhor faria um forno para sua própria criação? É por isso que digo: “ Eu tenho um Deus, mas não é seu estupido Deus”, afirmo.

O presidente de Filipinas tem iniciado a guerra contra o narcotráfico desde que assumiu o cargo em 2016, sua campanha custou-lhe 12.000 pessoas, pois sua posta em prática deixou grande número de falecidos de maneira violenta, o qual tem sido criticado por Human Right Watch.



Fonte: Bibliatodo

Deixe sua mensagem