Quem lê mais a Bíblia se torna calmo, confiante e generoso, diz pesquisa

Para os cristãos a Bíblia Sagrada é a Palavra de Deus revelada para a humanidade através dos profetas. Ela contém a verdade absoluta sobre o sentido da vida, a condição espiritual humana de pecado e remissão através de Jesus Cristo por meio da fé e o futuro que aguarda à humanidade após à morte.

No entanto, a Bíblia ou às “Escrituras”, como também se refere genericamente o Novo Testamento, não trata apenas do mundo espiritual, apontando para o Reino de Deus no sentido futuro. Ela produz transformações profundas no presente, aqui na terra, através da vida dos que se dedicam a compreender a vontade de Deus.

Apesar de muitos já terem comprovado isso pessoalmente, uma pesquisa realizada pelo Instituto Barna ajuda a ter um olhar mais amplo sobre essa realidade, partindo do pressuposto de que até mesmo os não cristãos podem reconhecer, a partir de dados estatísticos, de que os escritos bíblicos são, de fato, transformadores.

“Segundo o estudo, quase 60% dos americanos dizem que a mensagem da Bíblia transformou suas vidas. Especificamente, os usuários da Bíblia se sentem calmos, encorajados e esperançosos e têm um senso de direção. Os resultados também mostram que o envolvimento da Bíblia tem uma influência positiva sobre os comportamentos”, informa a CBN News.

O estudo é realizado anualmente pela “State of the Bible”, da “American Bible Society”, conduzido pela Barna. Os dados de 2018 revelaram que 21 milhões de pessoas buscam novos contados com a Bíblia e pelo menos 14,9 milhões que não haviam tido mais contato resolveram voltar atrás, retomando à leitura.

“Nossa pesquisa mostrou que quando as pessoas se envolvem com a Palavra, suas vidas são melhoradas”, afirmou Roy Peterson, presidente e CEO da Sociedade Bíblica Americana. A transformação de comportamento parece uma consequência da sabedoria adquirida ao ler a Palavra de Deus.

“Eles encontram sabedoria, esperança e cura. Nos tempos às vezes turbulentos de hoje, a Bíblia pode fornecer respostas bem-vindas”, enfatiza Peterson. A pesquisa completa pode ser acessada neste link, em inglês.

 

 



Fonte: Gospel Mais