Travesti invade culto, tenta agredir fiéis e é preso pela polícia

Prisão (Reprodução)

Prisão (Reprodução)


Um travesti que não teve o nome revelado pelas autoridades, precisou ser contido pela Polícia Militar após invadir uma igreja. De acordo com testemunhas, o fato aconteceu durante a celebração de um culto.

O caso ocorreu em Piratininga, município do estado de São Paulo, nesta sexta-feira (19). O travesti de 28 anos foi acusado de tentar impedir o andamento do culto. Além disso foi acusado de agredir fiéis da igreja.

+ Luto: Pastor e cantor gospel famoso morre após luta contra o câncer

O templo, no entanto, fica situado na Avenida Bandeirantes, na Vila Bandeirantes. O boletim de ocorrência informou que o travesti teria entrado no templo completamente transtornado, gritando com todos os fiéis. Ele também teria pego os óculos de uma senhora e devolvido em seguida.

Para evitar maiores confrontos e conter o travesti, os membros da congregação acionaram à Polícia Miliar, que foi até o local. Aos militares, o sujeito alegou que não tinha dinheiro para ir embora e que desejava ficar na igreja por ser um local público.

Diante da insistência em querer permanecer no local, sem atender o pedido dos PMs para se retirar, o travesti teve que ser algemado e levado preso para à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac).





Fonte: Fuxico Gospel