Conecte-se

Vereador petista lidera invasão à igreja católica durante missa

O vereador Alexandre Isquierdo e o senador Flávio Bolsonaro usaram seus perfis no Instagram para denunciar uma invasão feita à Igreja Nossa Senhora do Rosário, em Curitiba, no último sábado (05), durante uma missa. O ato foi feito por militantes do PT e do PCdoB liderados pelo vereador petista Renato Freitas. Ignorando os pedidos do padre, a multidão gritava palavras como “racistas” e “fascistas”.

O vereador disse que o ato era contra o racismo, que motivou os assassinatos de Moïse Mugenyi e Durval Teófilo Filho, e que teriam relação com a conivência das pessoas com fé católica a autoridades “fascistas”. O vereador Eder Borges (PSD) apresentou uma ação contra o petista na Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal de Curitiba, nesta segunda-feira (07).

– Um bando de marginal liderado por um vereado do PT de Curitiba invadiu a missa da igreja do Rosário. Nos próximos dias, vou falar mais no plenário e nesta segunda-feira vou entrar com uma representação no Conselho de Ética contra este moleque porque escarnecer a fé não vou aceitar – declarou Eder.

Por meio de uma nota, o presidente da Câmara Municipal de Curitiba, o vereador Tico Kuzma, repudiu a atitude de Renato Freitas. O petista ainda corre o risco de perder o mandato.

– Entendendo como legítimas as manifestações pacíficas que visem a proteção dos direitos de todos os cidadãos, da mesma forma, essa Casa não compactua com quaisquer violações das liberdades religiosas e locais de culto, na medida em que se trata de um preceito fundamental para configurar um estado democrático – disse Kuzma.

Rafael Ramos

Rafael Ramos

Deixe sua mensagem

CENTENAS DE RÁDIOS DE TODO BRASIL NO SEU CELULAR

Portal de comunicação com foco na informação e divulgação de costumes cristãos

Copyright 2021 © Gospel Planet