Conecte-se
Search

“Vou levar as Boas Novas mais longe” diz jovem que evangeliza com Funk gospel

Edyrlande Barreto do Nascimento, de 28 anos, tem chamado muito a atenção dos passageiros nos trens de Rio de Janeiro por cantar funk gospel.

“Vou levar as Boas Novas mais longe” diz jovem que evangeliza com Funk gospel
“Vou levar as Boas Novas mais longe” diz jovem que evangeliza com Funk gospel

A personagem é conhecida por “MC Dedé de Deus” fazendo uso de seu talento e uma pequena caixa de som do amplificador, para levar a mensagem do Evangelho.

Este jovem teve um passado marcado pelas drogas, o álcool e a prostituição. Após ser transformado por sua fé cristã, passou a levar a difundir “a boa nova” através de funk.

“O transporte público é meu palco”. “É nele onde estão as pessoas mais sacrificadas, que às vezes só precisam uma palavra de conforto”, disse Dedé ao diário Ou Dia. “Alguns pensam que funk é coisa do diabo, mas mostra que o que vale é o conteúdo”.

Só um dos clipes, titulado “O Protegido por Deus” já recebeu mais de 1,7 milhões de visualizações. Entre os vídeos que se converteram na febre em Internet está o “fica fechado com a Bíblia, mas não combina com a Bíblia fechada”.

“O rapaz é um fenômeno”. Muito carismático. Passa mensagens de esperança e fé de maneira relaxada, sem ser tedioso. “É incrível”, observou o crítico de música Antônio Carlos dá Silva, ao analisar seus vídeos.

O artista compartilhou que tem ao menos outras 20 canções sendo melhoradas e que sonha com gravar um disco. “Vou conseguir levar boas novas ainda mais longe. Percebo sinais”, crê.

Nascido em Campos dois Goytacazes, no interior do Rio, Dede de Deus foi à capital em 2010, sonhando com ser um jogador de futebol. “Vivia na ilusão. Era droga, bebida e prostituição. Hoje vivo pela graça, através de Jesus cristo. Com a vida transformada e o sorriso restituído”, conta uma das canções.

Nos dias de sua recuperação e nova vida em Jesus, o apoio de seu pastor foi fundamental, pois graças a sua atenção para com Edyrlande, este conseguiu sair de seus vícios, “Cheguei a viver na igreja”, conta.

“Sou um tipo tranquilo e também de atitude”, canta no transporte público.



Fonte: Bibliatodo

Deixe sua mensagem