Advogado que salvou Asia Bibi defenderá casal cristão condenado à morte no Paquistão por blasfêmia

anuncios

Saiful Malook, advogado que defendeu o caso de Asia Bibi, está pronto para lutar em defesa de um casal cristão que está no corredor da morte por cometer blasfêmia.

O casal foi orientado a pagar uma multa de 100.000 rupias cada e, em caso de inadimplência, sofrerá seis meses de prisão.

Shagufta Kausar e Shafqat Masih receberam sentença de morte sob a seção 295-C do Código Penal do Paquistão (PPC) lida com a Seção 34 do PPC pelo juiz de sessões adicionais de Toba Tek Singh em 4 de abril de 2014.

anuncios

Os pais de quatro filhos, foram acusados de enviar mensagens de texto blasfêmias a um homem muçulmano, eles foram sentenciados a morte em 2014, mas apelaram ao Tribunal SUperior de Lahore.

Saiful Malook advogado confirmou a uma fonte privada que ele se apresentou para defender o caso, dizendo que ele já havia se encontrado com Kausar na prisão Multan.

Malook – que foi oferecido cidadania por países da UE, mas voltou ao Paquistão para desempenhar seu papel em questões de direitos humanos – disse que Kausar está alojada na mesma cela de morte, onde Bibi foi aprisionada antes da sua absolvição no Suprema Corte no ano passado. .

O apelo do casal está pendente no Tribunal Superior de Lahore (LHC) e uma audiência provavelmente será corrigida em breve.

Assine nossa Revista Online Gratuitamente: 

Nenhum spam garantido

anuncios



Fonte: Portal Padom