Cantora evangélica é assassinada a tiros junto com o namorado

31

Um crime que pode ser enquadrado como feminicídio foi registrado na cidade de Guarapari (ES): a cantora evangélica Ceissa Moreno, 35 anos, e seu namorado foram assassinados na porta de casa, na manhã do último domingo, 27 de janeiro.

A principal suspeita recai sobre o ex-marido da cantora, de quem ela já estava divorciada há três anos e tinha conseguido na Justiça uma medida protetiva por conta de ameaças e até uma facada que ele desferiu contra ela.

Segundo informações da TV Gazeta, testemunhas disseram que o ex-marido da cantora chegou ao local por volta das 05h30 e efetuou os disparos contra o namorado de Ceissa Moreno, Jussie Almeida de Moraes, 35 anos, e posteriormente contra a cantora. Ambos deixaram dois filhos, cada um.

Ceissa tinha dois filhos com o suspeito: uma adolescente de 17 anos e um menino de dois. A mais velha presenciou o crime e pediu ajuda aos vizinhos: “Eu estava dormindo e acordei com a minha mãe me chamando no desespero, falando que ele [ex-marido] estava lá em casa. Quando ele foi pra atirar, atirou no moço e saiu para ir embora. Aí voltou e atirou na minha mãe. Eu não sabia o que fazer, foi a esposa do nosso vizinho que ligou pra polícia”, disse a adolescente.

“Ele sempre dizia que se ela não ficasse com ele, não ia ficar com mais ninguém. Um dia ele foi pra matar ela, mas meu tio chegou na hora e tirou ela”, acrescentou a filha da vítima, que afirmou que seu pai fugiu do local subindo por uma área que fica atrás da casa.

A Polícia Civil informou, por meio de nota, que até o momento nenhum suspeito foi detido. O caso segue sob investigação. Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte da cantora, e publicaram homenagens em sua memória.



Fonte: Gospel Mais