Após ter sido alvo de uma disputa diplomática internacional envolvendo os Estados Unidos e a Turquia, por ter sido preso injustamente acusado de corroborar com grupos terroristas para um golpe de Estado, o pastor Andrew Brunson diz estar pronto para retornar ao país onde a sua saga começou.

“Se pudéssemos voltaríamos”, disse ele, ressaltando que sua principal motivação é a salvação das pessoas. “Gostaríamos de voltar, amamos as pessoas e acreditamos que Deus ama as pessoas de lá”.

Contudo, o pastor destacou que precisa ter o contexto adequado para isso, provavelmente garantias de que não voltaria para a prisão. “Algum dia esperamos que as condições sejam adequadas para que voltemos”, disse ele.

Brunson explicou que devido ao seu caso, os cristãos na Turquia ficaram mal vistos. Seu retorno, aparentemente, seria uma forma de tentar desfazer a confusão gerada pela perseguição religiosa que lhe fez parar na prisão.

“Acho que haverá mais dificuldade para a igreja na Turquia. Há mais restrições agora”, disse ele, citando como outros evangelistas sofreram consequências em função da sua história.

“Um grande número de missionários foram deportados do país. Isso acabou causando um efeito negativo na Igreja turca. Muito do que a mídia [turca] divulgou sobre mim, que foi incentivado pelo governo, pintava um quadro muito negativo dos cristãos, dizendo, por exemplo, que eu sou um terrorista ou que os cristãos apoiam grupos terroristas e queremos dividir o país”, explica o pastor.

Noreen, esposa de Andrew Brunson, disse que ambos estão cientes dos riscos. Todavia, eles passaram 25 anos na Turquia e, portanto, construíram suas vidas lá, criando vínculos afetivos e acreditando que esse é o chamado ministerial do casal, algo que para eles não deve ser ignorado.

“Estamos cientes de que nem todas as histórias terminam da mesma forma que as nossas, então nós temos que dar glória a Deus”, disse ela em uma reunião no Senado dos Estados Unidos, onde agradeceram a Comissão de Liberdade Religiosa Internacional pelos esforços de libertar o pastor.

Brunson lembrou dos irmãos em Cristo e do preço pago por eles em nome da fé em Cristo. “Eu tenho muitos amigos cristãos que estão na prisão na Turquia e que não deveriam estar lá. Muitas famílias foram destruídas”, disse ele, segundo informações do Christian Post.



Fonte: Gospel Mais

Radios Online de todo Brasil totalmente grátis!

Musicas, Pregações 24 horas, Mensagens, Prêmios e Muito mais…
Rádios separadas por estado, idiomas e você ainda pode selecionar as suas favoritas.

Instale agora

QUE TAL APRENDER SE DIVERTINDO GRÁTIS ???

Copyright 2019 © Gospel Planet