‘Nunca desisti de sentir Deus presente em minha vida’

A família como instituição indispensável para a formação das pessoas e proteção dos indivíduos foi destacada pelo apresentador Marcos Mion na entrevista concedida a Danilo Gentili, no The Noite. Ele também falou sobre sua fé em Deus.

“A gente nunca desistiu de acreditar na família, nunca desistiu de sentir Deus presente em nossa vida”, afirmou o apresentador, que costuma usar suas redes sociais para compartilhar os momentos de folga ao lado da esposa e filhos, mas também para incentivar as pessoas a se entregarem a Jesus.

Marcos Mion disse ainda acreditar que Deus tem uma missão para cada pessoa, e que o tempo funciona como uma ferramenta para esclarecer isso: “Às vezes, a gente tenta racionalizar demais e planejar demais as coisas, e Deus separa pra você o que é seu, cara. E você não consegue fugir, meu. Você pode querer fugir, mas você não vai conseguir”, disse.

O filho mais velho de Mion, Romeo, nasceu com autismo. Para o apresentador, a chegada do filho o fez mudar de perspectiva sobre a vida e serviu para unir a família em torno do objetivo de vencer as adversidades. “Com o poder de Jesus e com toda a nossa fé, tivemos três filhos e hoje as pessoas falam: nossa cara, que família linda e perfeita que você tem”, contou.

“O Romeo nasceu, não interessa se ele veio com autismo ou qualquer outra síndrome. Cara, é o meu filho, a coisa que eu mais queria na minha vida. É o meu amor, meu coração fora de mim. Não interessa o resto”, afirmou. “Romeo é o amor numa forma física de ser humano. Ele é amor 24 horas por dia. Ele fica grudado em mim o tempo inteiro. Mas isso a gente conquistou”.

Ciente dos desafios, o apresentador deixou um recado para as famílias com filhos autistas: “Tem que ter paciência e tem que ter amor acima de tudo […] O autismo não é uma doença, o autismo é uma condição […] Muita gente fica desesperada. Óbvio que é difícil, não vou dizer que é fácil. Mas você não pode desesperar, tem que trabalhar constantemente pra isso”, enfatizou.

As experiências viraram livros que relatam as descobertas da paternidade: A Escova de Dentes Azul, em que Mion se desdobra sobre o autismo para o público infantil; e Pai de Menina, que é dedicado à sua filha Donatela. “Meus livros são missões. Quando você faz uma coisa com o coração e bota a sua alma ali, as pessoas recebem, as pessoas entendem. E isso bate com quem se identifica”, concluiu.

Confira a íntegra da entrevista de Marcos Mion:

Assine o Canal



Fonte: Gospel Mais